25 de maio de 2007

Sandra - cuidado comigo



Quase todos já conhecem a Spuk. (à esquerda)

Esta nossa amiga brasileira, pernambucana pra caramba, vem regularmente aqui ao blog animar um pouco as hostes, fazendo inveja aos porcalhoteanos.

Pois bem! Um dia, entrou no blog e comentou. A partir daí, e com a facilidade que eu tenho de fazer amigos, passou a haver mais proximidade.
A Spuk-Sandra, como todas as mulheres e homens-amaricados, como eu, gosta de “e-mails” românticos com bonitas fotografias e músicas a condizer.
Era e é costume, sempre que eu recebia algum “e-mail” reencaminhava-o para os amigos ou amigas, em função do seu conteúdo. Havia outros, que apagava imediatamente, porque o conteúdo já nada me dizia.
Uma manhã, ao ver a minha correspondência electrónica, deparo com um, que de facto era muito bonito e tinha por título – que mundo maravilhoso – Tratava-se de paisagens maravilhosas, que transmitiam uma serenidade imensa.
Na altura, não tive tempo para o reencaminhar e acabei por o não fazer.
Alguns dias mais tarde, recebo outro e-mail (costumo recebê-los aos montes) e vi que alguém me tinha enviado um com o mesmo título – que mundo maravilhoso.
Já conhecedor do conteúdo, nem o abri e reencaminhei-o de imediato para a Spuk, escrevendo apenas esta pequena mensagem – GOSTAS?
No dia seguinte recebo a resposta dela dizendo o seguinte: - Olá Kim, recebi o teu e-mail. Não gostei, porque não faz o meu género, mas podes continuar a mandar outros, com motivos diferentes.
Despistado como eu sou, intrigado fiquei. Fui aos “e-mails” enviados, e abri - o mundo maravilhoso – que lhe tinha enviado. Fiquei incrédulo. Quatro lindas mulheres nuas, entrelaçadas umas nas outras, em posições que o decoro me permite omitir, beijavam aqui, chupavam acolá.
Fiquei para morrer.
De imediato, respondi à Spuk, explicando-lhe o engano, desfazendo-me em desculpas, não sabendo ainda hoje, se acreditou.
Reposta a verdade dos factos, continuámos a blogar como se amigos fossemos, de longa data.
Sandrinha, me desculpa. Você é uma cara legal.
Em Setembro a gente vai rir sem artes de candomblé.

10 comentários:

Anónimo disse...

OH! KIM...

Claro que entendi e acreditei, senão não estaria até hoje a passar e pontuar no teu blog.

Mesmo sem o conhecer admiro-o, vejo que sois amigo dos teus amigos, tens muita sensibilidade e um maravilhoso senso de humor.

Obrigada mais uma vez pela homenagem!

Em setembro estaremos ai, e quem sabe possamos nos conhecer.

Sandra

Kim disse...

Claro que sim minha amiga. Vamo-nos encontrar e conhecer algum pessoal cá do burgo.
Como somos "bué de malta", (3 ou 4) alugamos o Maracanã português para o evento. Tá?
Aquela tua postura inicial em relação a este episódio, ocorrido entre nós, foi importante para mim. A partir daí, sou mais prudente.
Um beijinho Sandra

Pantas disse...

Ah,ah,ah,ah,ah,ah,ah... Tá boa.. Isto só mostra que que voces tem uma verdadeira amizade, a verdadeira é aquela que nasce sem qualquer interesse, e a que acaba por motivos futeis ( ou libidinosos :) nunca foi uma verdadeira amizade.. É isso aí Galera !!!
P.S - Spuk, voce é uma Mulher Lindona.. Beijinho

Pantas disse...

Já me esquecia.. Amigo Kim, manda-me esse e-mail.. Please Ah,ah,ah,ah,ah..

carla mar disse...

vim espreitar-te ;)
fica 1 beijoka p ti e outra p a spuk!

Anónimo disse...

Uma vez disseram-me que há sempre um interesse escondido numa amizade entre pessoas de sexos diferentes..

Não acreditei... não quero acreditar..

É muito bom ter amigos..

I.R.

cristina disse...

Grande abraço para Spuk!

Anónimo disse...

Aos amigos do KIM, muito obrigada pelo carinho.


SPUK

Rui Salvador disse...

Spuk, prazer em conhecê-la visualmente.
Não sei porquê, mas imaginava-a morena.

Anónimo disse...

Rui!
Acredito que por ser brasileira e do nordeste, assim pensavas.

Os cabelos são pintados, e a pele é a minstura das raças no Brasil, veio dos avos: alemã com italiano.

SPUK