15 de maio de 2007

Lojas chinesas


A China invadiu o mundo.

Por tudo quanto é sítio e a cada esquina, encontramos uma loja chinesa.
Convenhamos que, lá encontramos pequenas “coisas” que até vale a pena comprar.
A qualidade é proporcional ao preço, mas resolve.
Nelas tenho encontrado os mais variados artigos, mas nunca tinha visto … bacalhau.
Afinal, o delicioso peixe, não é para venda, mas sim para a sua alimentação.
Tornar tudo simples e barato é o seu lema. Toca a comprar peixe cru e depois é só pô-lo na rua, ao sol a secar.
As moscas, chamam-lhe petisco. Os cães, nem tanto. Só cheiram.
Se os vizinhos não gostarem do cheiro, o problema é deles.
Fiquei a pensar, onde arranjarão eles o bacalhau fresco?

Chinesices meus amigos, chinesices!

12 comentários:

Anónimo disse...

E já repararam que a Comunidade Chinesa faz pela vida e não chateia ninguém!
Importante e de louvar!

Seve

carla mar disse...

este assunto dá pano p mangas...
eu coloco mts pontos de interrogação á comunidade chinesa, instalada em portugal.
estes "amigos" c vida de formiguinhas, n deambulam, n vão a hospitais, n morrem, n tem passatempos... enfim, trabalham!
n sou cliente deles.
n gosto das lojas e mt menos dos restaurantes.
os chinocas n me encantam.

Anónimo disse...

Do que não se pode falar é preciso calar!
Wittgenstein
Seve

Kim disse...

Oh meus queridos!!!
Ambos (Seve e Carla) são senhores da razão, mas, pegando nas palavras da Carla, é estranho o modo de vida deles. Não se metem com ninguém, mas também ninguém sabe onde enterram os seus mortos. Eu vi uma reportagem, ainda não há muito tempo, transmitida pelo canal 2, onde eram entrevistadas, pessoas em,(Portugal e Espanha) casas funerárias, hospitais e casas de repouso, e a opinião era unânime; ninguém sabia o que acontecia aos chineses depois de mortos. Sabia-se apenas que as familias reclamavam os corpos.
Em Madrid e Valência, não havia um único cemitério com campas de chineses.
Em Barcelona, havia uma campa.
Em Portugal, idem idem.
Questionaram alguns chineses, que responderam - ninguém tem nada a ver com aquilo que fazemos aos nossos mortos.
Dá que pensar.
Pelo sim pelo não e sem quer dizer que não tenha já comido coisas piores, quando vou ao chinês, como sempre - massa com gambas.

o.r. disse...

RESTAURANTES Chineses,
não me inspira confiança.
NEM PÒ.

Pantas disse...

Ahhh!!! Realmente, dá que pensar.. Mas eu gosto de ir a Restaurantes Chineses (não a todos)e se já comi algum (chines/a) era bom..:) E com esta conversa toda já comia um crepe ;)...

P.S - Já agora deixo uma pergunta pertinente.. Voces, como malta vivida, rodada, até a nivel internacional, nunca comeram uma chinesa ?? :):)

Kim disse...

Se já comi alguma, não dei por isso.
Com aquele molho que eles temperam tudo, o sabor é sempre igual.
Do Vietname, já tenho mais qualquer coisa a dizer.
Um dia publico.

Rui Salvador disse...

Se os EUA e a UE se distrairem um bocadinho, serão eles (os chineses) os donos do mundo, dentro de 30 a 50 anos.

Anónimo disse...

Sou Portuguesa..

"O que é Nacional é bom"
com as devidas regras, talvez tivéssemos um País melhor.

I.R.

Anónimo disse...

Uma nota...
Fazemos parte da Comunidade Europeia,
abrimos portas que servem para entrar ou sair.
Contudo entendo que os deveres, os impostos, as regras devem ser para todos sem olhar a raças ou cor.

Quanto a serem comestíveis, penso que não. Como trabalham muito, devem ser muito duros... ou duras... (piada)

I.R.

Anónimo disse...

Duros, referia:
"duros de roer"
I.R.

O Bicho disse...

Clepes, Sopa de Ninhos de Andorinha, Chop Soi de Garinha, tudo ebm, gosto, é bom e não faz mal.
Lojas é que é pior:
ainda hoje de manhã passei na rua principal da Vila de Sintra e reparei que já há TRÊS LOJAS CHINESAS DE RECORDAÇÕES (SOUVENIRS) na rua principal - turismo?