9 de maio de 2008

Dois anos depois do fim


Passaram dois anos!
D.Irene, senhora maravilhosa a quem nunca ouvi um ralho ou um alteração de voz, deixou-nos o legado da calma e da bondade.
Foi há tanto tempo!!! E sei que o J.C. pensa muito nela.
Tomara que esteja a ter longas conversas com a minha mãe!
Estamos no mesmo barco Júlio! Navegando na saudade!

Dizes bem amigo, há chuva nos olhos!

9 comentários:

Anónimo disse...

OLA GAROTOS!

NADA DE LAMENTAÇÕES, SÓ LEMBRANÇAS DE BONS MOMENTOS, PARA DARMOS BOAS RISADAS DOS BONS MOMENTOS QUE VIVEMOS COM NOSSAS MÃES.

E FALO EM CAUSA PRÓPRIA, POIS A MINHA FARÁ AGORA DIA 27 DE MAIO 13 ANOS

KIM E JC, FIQUEM COM AS BOAS LEMBRANÇAS E MEUS BEIJOSSSSSSSS.

SPUK

carla mar disse...

júlio...

olha para o céu...
a tua MÃE, está sentada, na estrela mais bonita... a olhar por ti...

beijo bom e doce em TI.

Anónimo disse...

Os meus pais, também por lá andam.
Ficam as recordações.......
A senhora tinha um ar muito doce e continua a viver no coração de quem a ama.
O barco está cada vez a ficar mais cheio.............
Fim de Semana de saudade
bela

Anónimo disse...

Meus Amigos, por experiência,
Eu sei como é difícil.
Mas a vida continua
FORÇA MALTA.
O.R.

Anónimo disse...

É um clube muito vasto, este dos sem mãe. Também lhe pertenço.
Elas, devem estar todas no mesmo lugar, não sei onde, e falam de nós entre Elas.
Há 36 anos que a minha partiu e a saudade é cada vez maior.
Resta-nos lembrá-las com ternura, e pensar nas boas recordaccções.
Maria2

Anónimo disse...

OBRIGADO P'LA LEMBRANÇA KIM.
ABRAÇOS
jc/.

Rosi Gouvea disse...

"Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho."

Carlos Drummond de Andrade

Mais uma vez, encanto-me na sua presença...

Beijos doces

Anónimo disse...

Sente-se logo um nó no estomago, efectivamente Mãe é uma dávida, é uma jóia que nos apetece beijar, mimar......

Seve

David disse...

Felizmente, ainda não apanhei esse "barco".
Um grande abraço para todos vós que não podem mais usufruir dos mimos e raspanetes da melhor mulher do mundo.
De certeza que ficaram os melhores momentos,esses que nem o impiedoso tempo consegue apagar.
Vivam!
David.