29 de novembro de 2009

André Moa - sete décadas depois

André Moa nasceu em Tabuaço, concelho românico e romântico do Douro Vinhateiro, Património Mundial.
Licenciado em Direito, foi magistrado do Ministério Público, advogado, professor, autarca, técnico superior e dirigente da Segurança Social. É agora escritor, poeta e ... paciente.
Foi assim que recebi este legado humano de humilde sabedoria.
André Moa é o pseudónimo de José Guilherme Macedo Fernandes. Nasceu a 29 de Novembro de 1939.
Hoje, Moa seria sempre notícia, pois completa setenta anos de vida. Mas, Moa será sempre um símbolo de coragem e tenacidade, pela luta que tem travado com o maldito caranguejo que teima em tolhê-lo com suas fortes tenazes.
Homem extraordinário de simplicidade suprema, esgota a tristeza de quem dele se acerca. Frágil e franzino não denuncia a força que dele emana.
Mas … dele não importa falar, antes conhecer.
Meu querido Moa, como eu lamento ter chegado tão tarde a ti!

À ta joie de vivre! Parabéns!

19 comentários:

Paula Raposo disse...

Parabéns André Moa!
Com quem tive o privilégio de trocar breves palavras o ano passado.

Laura disse...

Kim, rapaz do meu coração, rapaz por quem embalo o amor, docemente, na ternura da amizade pura e verdadeira!...
Uau, e eu a pensar que não sabias, ia mandar-te sms, ehhhhh..
Junto as minhas palavras às tuas; como lamento só agora o ter conhecido! Já viste o que este Amigo traria de diferente às nossas vidas? Tudo o que trouxe até agora, mas, com mais quantidade, só isso, apenas isso, isso e o GRANDE AMIGO QUE ELE É !...
Moa, que pena que só agora, mas, a vida dará tempo a quem tem ainda tempo!...e todos nós temos o tempo à nossa frente!...

Moa
tão bom conhecer-te
neste mundo virtual!
começamos plo Osvaldo
acercamo-nos todos de ti
e nem me perguntes
como e quando
porque eu quero lembrar
para sempre
aqueles momentos ternurentos
onde me fizeste rodopiar
ao som das vozes do Kim
da Verdinha, e d'Áninhas
La Chansons des vieux amantes
naquela noite
a cantar!...

obrigada por seres o Bom Amigo que és, pela ternura que manténs em ti, e pelo doce coração que em ti se alberga!... E que bom que somos todos teus amigos, porque todo o grupo fala e suspira para poder estar mais uma vez com o nosso rapaz de Tabuaço, e mai'los nossos Osvaldo e Aninhas, que sem dúvida são os grandes culpados de tanto te querermos!...


Abençoado seja o amor
que destila dos corações
generosos
que na vida só trataram
de se doar
e até hoje
nem as mágoas da vida
os conseguiu mudar!...

Beijinhos, Kim, amei ler-te és o Homem certo para escrever dessa forma. Amei..
Beijinho e abraço desganar, daqueles que não te partam as costelas, mas...

Laura.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Parabéns ao nosso amigo Moa que é tudo o que descreve o Kim e muito mais porque tem um carisma dificilmente explicável, só estando ao pé dele. Era o que me apetecia fazer neste preciso momento e deixar neste rosto dois beijinhos verdinhos de uma amiga sportinguista.

Já é a 3ª "capela" onde entro e brindo à tua saúde, se com isto ela não melhorar, desisto....de beber....aliás já estou meia tonta de tanto champanhe ! Onde está o Foie gras ? Quem é que o comeu todo ?
Venho a correr - de um blogue para outro - para a festa e espero ainda poder comer nem que seja uma migalha do bolo !

Beijinhos grandes para o Moa !
Outro para o Kim e a sua família
E os abraços do Leo para todos !

Verdinha

P.S. Oh, Luis, nem uma vez saltaste da cadeira ontém ?

Anónimo disse...

Parabéns
Parabéns e um beijinho

Isabel

carla mar disse...

um beijinho de parabéns, para o André Moa :)
... e força na dura batalha contra o caranguejo.

Teté disse...

Parabéns ao André Moa! E tudo de bom para ele, também! :)

Beijocas a ambos!

Cristina disse...

Parabèns para andré de Belgica!!!
Tu as vu Maria, kim?
bisous.

Maria disse...

André

Já deixei os parabéns e o abraço, no blog da nossa Laurinha.
Repito: Um abraço grande, toda a admiração e amizade, que por si sinto, mesmo sem o conhecer pessoalmente. Espero que de hoje a oito dias, lho possa dar ao vivo e a cores.
Um beijinho de uma rapariga do seu tempo. Faço 65 anos, logo, a diferença é pouca.
Maria

Maria disse...

André

Ainda voltei, para lhe enviar, este pobre soneto coxo, mas feito com muita ternura.
Com o seu perdão, poeta.

A André Moa

Setenta anos, são certezas
De muita coisa vivida.
Alegrias e tristezas,
Tudo faz parte da vida.

Para si, André amigo,
Tem sido luta e bem forte.
Mas todos juntos, consigo,
Daremos a volta à sorte.

Em cima destes setenta,
Outros, dez vou desejar,
Para não pedir demais.

Daqui, por dez, aos oitenta,
Outros dez, acrescentar.
E aos noventa, dez mais.

Beijinho

Maria

laura disse...

A Maria ainda chama a estes lindos versos, de coxos, ai maria, Maria!... são lindos são belos, reais, e,escritos por ti...
mais beijinhos ao Moa, já lhos dei há pouco no gmail... e, resto de dia feliz, laura

Laura disse...

Frágil e franzinho, alto, qual cedro do Libano!... mas tão forte, olha se não fez o roteiro todo até ao fim, ele eram subidas, ai, ai, eu bem arfava e era sempre a última a chegar...e ainda me puxava ehhh, e eu só lhe dava o abraço, ou seja, era uma espécie de seguro de equilibrio contra o mau estado dos caminhos selvagens que calcorreamos...Portou-se maravilhosamente, como todos sabemos, assim, ele parece fráfil, mas não é!... é o nosso Moa é o que é! Beijinho da laura

Parisiense disse...

Parabéns atrasados a esse grande homem que é Moa.

Beijinhos de parabéns para ele e gros bisous pour toi.

jrom disse...

Parabéns para o amigo Moa, embora não conheça pessoalmente, é amigo de amigos meus.
jrom

Anónimo disse...

Seve disse...

Parabéns Moa.

Tudo de bom

Anónimo disse...

Seve disse...

E também para a Carla Mar, que surrisuuu .......

Anónimo disse...

Parabéns ao amigo
Um brinde ao MOA, pelo seu aniversário e pela forte atitude de vida que tem demonstrado nesta luta contra o inimigo.
Um beijinho da dupla L&L.
LF

carla mar disse...

Seve:

Deus te abençoe e te guarde :)

c

Bichodeconta disse...

Bem com as desculpas da D. Teresa o piqueno era e continua a ser bem apessoado. Os ares de quem nasce em Tabuaços, ares de maça do campo, sadia por dentro e por fora. uM ABRAÇO E PARABÉNS AO mOA PELA MAGNIFICA CARREIRA DE QUE TODOS SÓ TEMOS DE NOS ORFULHAR.

Libânia Madureira disse...

“ESTOU EM PAZ”




Enxugai vossas lágrimas,
Vós que dizeis que me Amais,
Pois não há mais Pranto, ou Grito de Dor ...
Se conhecêsseis o mistério insondável
Do Céu onde me encontro,
Se podesseis ver e sentir o que eu sinto e vejo,
Nestes horizontes sem fim
E nesta Luz que tudo alcança e penetra,
Jamais choraríeis por mim.
Estou absorvida pelo encanto de Deus,
Pelas suas expressões de infinita Beleza.
Foi-me dada a possibilidade de me tornar “Visível” a vossos olhos,
Para que nos pudéssemos conhecer e Amar,
Mas é esta a Transformação que Me faltava,
__O “Derradeiro Parto” __
Para atingir a PLENITUDE DE VIDA.
Em confronto com esta Nova Vida
As coisas do passado, são pequenas e insignificantes...
Nas vossas lutas do dia a dia,
Pensai nesta morada maravilhosa,
Onde não existe Morte
E onde um dia, viveremos Para Sempre no
Enlevo mais puro e mais Intenso,
Junto à Fonte Inesgotável da Alegria e do Amor...



“ Não choreis por mim, porque Estou em Paz”


Libânia Madureira