28 de janeiro de 2009

O curioso caso da vida ao contrário


Trata-se duma “estória” onde a vida começa ao contrário.
Notável interpretação de Brad Pitt que começa por nascer velho e morrer novo.
Este filme é um relato de amor impossível, a despertar as consciências mais obtusas.
Uma vida plena de traumas onde a realidade e o sonho se misturam, é também o percurso daquilo que poderia ser a ambição de todos nós. Morrer com saúde.
O Curioso caso de Benjamin Button, é um caso sério de corrida aos Óscares.
A não perder!

Afinal era assim que eu queria o meu fim!


Começo morto e livro-me disso. Depois acordo num lar para a terceira idade.
A seguir sou expulso, por estar demasiadamente saudável. Gozo a minha reforma e recebo a minha pensão de velhice.
Então, quando começo a trabalhar, recebo um relógio em ouro como presente logo no primeiro dia. Trabalho 40 anos, até ser demasiadamente novo para trabalhar.
Vou para o liceu e bebo álcool, vou a festas e sou promíscuo. Depois vou para a escola primária, brinco e não tenho responsabilidades.
Transformo-me então num bébé e passo os últimos 9 meses a flutuar pacifica e luxuosamente, em condições equivalentes a um spa, com ar condicionado, serviço de quartos entregue por cabo e depois...
Acabo num grande orgasmo!

9 comentários:

Anónimo disse...

FANTASTICOOOOOOOOOOOOOOOOOO

SPUK

carla mar disse...

:)

Uma vida vivida em marcha atrás.
Uma metáfora irónica sobre o crescimento ou uma visão certeira do perconceito.
É um retrato cruel dos conflitos entre as gerações e um olhar... desacreditado sobre o Amor... de longa duração...
É um mergulho reconfortante na solidão... um profundo desejo de esquecimento.

Beijo meu :)

Anónimo disse...

Kim:
Era bom! Ou não seria? talvez desse uma grande trapalhada. Tirava toda a surpresa que faz parte do encanto e desencanto da vida.
Talvez seja melhor com está... ou talvez não.
Quem sabe?
Beijo
Maria dos Alcatruzes

Je Vois la Vie en Vert disse...

Continua a sonhar, Kim ....

A maioria das pessoas idosas, voltam realmente à infância, são tratadas como crianças, e às vezes, infelizmente maltratadas, e voltam a usar fraldas...

Beijinhos verdinhos

Ainda vi o filme mas está nos meus planos...

Parisiense disse...

Não sei se gostaria!!!!!!
Por um lado sim,ficava depois sem rugas(hihihih) voltava para a m/Angola onde tive uma infância tão feliz.......enfim se fosse para viver o que já vivemos, não seria mau......mas a viver na duvida deixa-me estar como estou...ahahhhaah

Acho que nos faz pensar nos verdadeiros valores que infelizmente estão a perder-se...e a vida só tem valor se existir amor, carinho, fraternidade, solidariedade, paz e muita saúde. O resto virá por acrescimo.
Bem vou parar de filosofar...hihiih

Bisous

sendyourlove disse...

... a vida ao contrário... parece-me que estamos todos no bom caminho.

Dentro da Bota disse...

Quero assistir este filme... realmente parece ser otimo....

abraços!!!

Ahh... sim, fui bem na prova!!!

Gi...

Cristina disse...

Bom fim de semana, amigo.
Suis entièrement d'accord avec le commentaire de verdinha.Triste réalité.
Bisous, à bientôt.

jrom disse...

BOM FIM DE SEMANA