1 de janeiro de 2009

Idolos de amanhã


Ontem à noite, quando 2008 adormecia, tive curiosidade em ver e ouvir a miudagem que cantava na final da TVI – Uma Canção para Ti!
Adoro ver quase todos os programas de crianças onde em qualquer meio palmo de gente se esconde uma potencial sumidade, mas valha-me Santa Engrácia!
Afinal o que é que se pretendia? Descobrir uma nova voz ou descobrir uma multifacetada voz?
Uns melhor que outros mas na sua generalidade com vozes e estilos já mais ou menos definidos não podem servir de cobaias nas horas mortas.
Sei bem que a TVI precisava de nos entreter durante umas horas, mas obrigar os miúdos a cantar Represas, a baladarem Mafalda Veiga e a vomitar bacoradas de rap (não sabe nadar) não lembra à produção mais criteriosa do globo.
Apesar de ter gostado de todos, mesmo os eliminados, nenhum dos miúdos me pareceu polivalente. Cada um tinha o seu estilo e “mai’nada”.
Ficaram-me no goto o “Joselito” e a Beatriz.
Parabéns ídolos de amanhã!

8 comentários:

Pascoalita disse...

Olá :)*

Só vi e ouvi atentamente o primeiro programa (conheço pessoalmente o João do Carmo)

Por acaso a minha preferência ia mesmo para o puto que ganhou, mas achei todos fantásticos!

Parabéns, pois, aos futuros grandes talentos.

Bom Ano

Diabinha Cusca disse...

Não gostas de FAVAS? Da próxima vez que te vires com um prato delas à frente, imagina que são marisco e vais ver que até te sabem a "carabineiros à la plancha" ... é tudo uma questão de imaginação eheheheh

jrom disse...

Ai Kim!
Então não sabes em que país vives?
Talentos existiram sempre e quase todos,"os que não morrem" são carolas.
Raros são, os que são aproveitados na cultura de música, composição, voz etc.
Vale mais uma boa cunha.
Agora os portugueses vão ter de começar de novo, a dar o máximo,continuo com a expectativa de conhecer quais são as equipas para este campeonato.
Sabem de quem é a culpa? É do povo
que trabalha pouco.
Ai a moral e os bons costumes! está por um preço que nã se chega!

jrom disse...

Há uns anos até agora, temos tido um maior desnvolvimento em "vedetas" acho um bom investimento, pois estão por todo o lado e o pessoal gosta muito das fotos dos "bons vivans"cá da nossa terra,nas revistas (cor de rosa).
Atenção que quando deixam de aparecer, servem de piloto às tragédias.
Quando surge um naufrágio os ratos também são um bom indício

Je Vois la Vie en Vert disse...

Só vi uma parte do primeiro programa e os flashes de publicidade da final, mas confesso que, mesmo se algumas crianças tinham uma voz esplêndida, não gostei muito de ver crianças vestindo "como adulto" e cantando ou dançando "como adulto".
Deixem as crianças serem crianças, por favor ! A infância é tão curta, eles têm o resto da vida para saber o que é ser adulto !
Sei que os pais têm sempre muito orgulho dos filhos e até o meu filho participou ao mini-chuva de estrela mas era uma brincadeira e mais nada. Aqui é mais sério...

Querido amigo Kim,
Obrigada pelas tuas palavras. Deixaste-me emocionada...

Bjs verdinhos

Anónimo disse...

Kim:
Faço minhas as palavras de
Je Vois la Vie en Vert.
Por favor deixem-nas ser crianças! Já chega de Barbies de carne e osso, de meninos prodigío que acabam quase sempre mal.
No meu tempo, faziamos teatrinhos, cantávamos, tudo em nossa casa ou na da família, sem espirito de competição, sem engodo de prémios, só por divertimento e brincadeira.
Outros tempos em que era permitido ser criança e não meras imitações de adultos.
Maria2

luisa disse...

Olá

Como o Blog do Salvador não dá imformação, fui ao sapo procurar e encontrei o seu blog.

Tenho que me desculpar pelo incómodo e confesso que tenho receio de perguntar, mas gostava de saber se o Salvador, que fiquei a admirar muito dp. do que li e acompanhei na Catedral, está vivo.

Cumprimentos

Kim disse...

Olá Luisa!

Não incomoda nada. O Salvadoor Vaz da Silva, está vivo sim senhor. Os dias maus já passaram.
Quando se tem muita fé, não são dezanove tumores que deitam qualquer um abaixo.
O Salvador, para além da sua fé, teve a protecção do SALVADOR e às vezes os milagres acontecem.
O pai do Salvador nasceu muito perto de si - Aldeia de Santa Margarida.
Um beijinho