16 de dezembro de 2008

Bravo - José Romano


Querer é poder!

Era ele um menino. Sentou-se no banco da escola apenas até esta obrigação terminar.
Depois a vida chamou-o para a labuta. Os dogmas da sociedade assim o ditavam.
Sentindo que a necessidade aguçava o engenho, cedo se interessou por uma profissão. Electricista-Auto, foi a escolhida. Os ohms e os amperes passaram a fazer parte do seu quotidiano e cedo chegou a chefe de secção. A guerra colonial em Angola, interrompeu-lhe a ascensão e o regresso acirrou-lhe a vontade de mais saber.
Nunca mais parou. Chefiou as oficinas da BMW durante um ror de anos e chegada a idade da reforma decidiu voltar a estudar.
Ciente que o ensino secundário era uma pedra no sapato inscreveu-se no 9º ano e concluiu-o com distinção.
Incentivado por forças sabe-se lá vindas donde, inscreveu-se no 12º e com distinção o concluiu.
Há poucos dias, o seu exame final presenciado por uma vintena de pessoas de vários quadrantes académicos, foi um hino à força de vontade que há num homem. Poucas vezes terá havido um neo-sexagenário-aluno com tamanhos elogios de todos os formadores, a rasgar as escalas da pontuação.
Os seus trabalhos finais farão parte dos compêndios que registarão tal exemplo às gerações vindouras.
José Romano – um puto do meu tempo e um exemplo a seguir.
Parabéns grande amigo! Parabéns JRoma!

24 comentários:

Anónimo disse...

Linda historia de vida.

Parabéns!

SPUK

Cristina disse...

Parabèns par o teu amigo!
Grande abraço, Kim.

Anónimo disse...

Boa Zé
Parabéns e
Um GRANDE Abraço.
O.R.

Anónimo disse...

Parabéns ao José Romano, pelos anos e pelo exemplo de vida. Ele provou mais uma vez qu nunca é tarde para começar ou terminar alguma coisa.
Kim:
Ando há dias para te perguntar como é que ficou o caso do canito. Diz qualquer coisa.
Beijo
Maria

carla mar disse...

Voltar a estudar é poder abrir os horizontes e redescobrir emoções da juventude.
Penso, que chegar á terceira idade é ter todo o tempo do mundo para aprender... e experimentar!
Com o passar dos anos, aprendemos o valor de cada minuto. E a importância de usar o tempo... da melhor forma :)
Acredito, que passar a casa dos sessenta é ter oportunidade de fazer... tudo o que não fizemos, mas com certezas. E com segurança própria da (matur)idade ;)

Beijo meu (aos 2, claro!)

BLOGADOR disse...

Parabéns José Romano.
Qual o curso que concluiste?

jrom disse...

Obrigado amigos e amigas
Quero que saibam que não é meu desejo conquistar troféus.
Gonsegui entender que o que há para aprender é infinito e retirei do meu pensamento que sabia muito.
Não penso em canudos,mas estou inscrito para um curso de energias renováveis e noutro para formador.
Penso ainda ser útil à sociedade. Apesar de estar activo durante 47 anos com todds os contributos sociais.
penso no que vou deixar às novas gerações e sinto-me envergonhado com esta realidade.
O ser humano consegue ser feliz com muito pouco basta estar bem consigo próprio.
O meu maior professor foi o meu avô,que era campino e quando o via cumprimentar alguém descia do cavalo.

jrom disse...

Tenho a agradecer a quem me incentivou sempre e me deu força neste desafio e como são coisas muito íntimas desafio-vos a adivinharem quem foi.
Apista que vos dou está neste blog. Obrigado! aumentaste-me a responsabilidade

jrom disse...

Aproveito para vos comunicar que estive durante um tempo sem computador.
Também devido aos trabalhos que me propus executar para a escola, me ausentei um pouco dos blogs.
Aqui,para além da amizade que se desenvolve aprende-se muito.
Será nesta comunicação tecnológica que encontramos a verdade?
Vamos ver.

Anónimo disse...

SIM...
Verdadeiro exemplo
Admiro-te José

Um beijinho

Isabel

Anónimo disse...

GRANDE ZÉ!
GRANDE ABRAÇO E PARABÉNS.
jc/.

Anónimo disse...

Olá Zé,já sabia que és tão bonito por fora como és por dentro,não sabia é que és um cromo na escola, é bom termos uma cabeça com tudo a funcionar bem, tenho pena que a minha seja uma grande porcaria.Um beijinho e continua sempre vivo e feliz,Maria das Caldas

jrom disse...

Agrandeza do ser humano é esta, o
que sinto é que o mundo está repleto de coisas vãs.
Sejamos autênticos nas relações uns com os outros, sem que o material acrescente alguma coisa.
Felizmente para mim existem pessoas a darem-me sempre muito.
Obrigado é bom sentir as pessoas nem que seja para nos criticarem ,pois são nossos amigos,mas já imaginaram, como cantava o J. Lennon, se fosse o mundo inteiro.
A minha geração também sonhou muito pela mudança.Eis o que aconteceu.
Não me esqueço de Bob Dylon quem foi e quém é hoje.
É necessário descobrirmos dentro de nós,o que de melhor temos para participarmos nos momentos díficeis. Bem hajam por me lerem.
Não é minha pretensão ensinar vida seja a quem for, é apenas uma opinião.

Laura disse...

Boa,Parabéns ao rapaz da nossa idade! E se veio de Angola, mais um abraço apertado para ele, pois quem veio de lá pode-se considerar meu vizinho!... essa de estudar devia fazê-la também, mas, acho que já não quero saber de estudar, as minhas prioridades são; aprender pintura, tenho queda mas não tenho aulas e sem isso...nunca se pinta como deve ser! e quando começar a ouvir (vou fazer um implante em breve, pudera, surda há 51 anos! Chega...) vou aprender a tocar bombos, percussão, guitarra e recuperar o tempo perdido, nãos eis e terei folego para o saxafone, ou trombone, só depois de ouvir decido e...vês? Já nem vai dar práranjar um namorado pra ver como soa namorar ! ehhhhhh.
Abraço ao teu amigo e outro pra ti também!...

A parisiense só a conheço daqui, mas é familiar de uma amiga querida que conheço há 34 anos e só falam bem dela e eu, idem, apoio o que dizem porque é uma nina mil estrelas, cem para a apreciar, nem chegam. Beijinhos.

Laura disse...

Ond emorava o Zé Romano? ele que te explique, eu morei na Rua dos Pombeiros e fazia esquina com a António Enes onde havia a farmácia Boavista, e mais à frente do outro lado as bombas da Shell... Um xi.

O Bicho disse...

PARABÉNS ZÉ!!!
PARABÉNS, também ao nosso AMIGO, que foi o seu "explicador particular" durante muitas horas vagas.
Diziam que, no RIBATEJO só havia touros e toureiros - isso era dantes - o JROMA é a excepção à regra, tal como o nosso Nobel da Literatura, também ele RIBATEJANO de gema, que só começou a escrever depois do 50 anos.

jrom disse...

No meu tempo de menino, as "cegadas"acabavam sempre a pedir.

Parisiense disse...

Parabnes ao teu amigo.....é mesmo preciso muito esforço e muita força de vontade.

A ele as minhas felicitações.

Beijokitas

Je Vois la Vie en Vert disse...

Parabéns ao teu amigo, Kim.
Fez prova de força de vontade et de perseverança !
Também pode aprender a falar francês...e estarei cá para ajudá-lo se for preciso !

Beijinhos verdinhos

jrom disse...

Muito obrigado pela atenção.
Quem sabe?

Anónimo disse...

O saber, o conhecimento abre-nos fronteiras.....tantas, tantas que até começamos a verificar que afinal não sabemos nada. Por isso, não poderemos parar e como Lenine dizia: APRENDER, APRENDER, APRENDER, sempre!

É com imensa satisfação que registo este facto do meu amigo querido JOSÉ MARIA ROMANO.

Um abraço para ele

Seve

Anónimo disse...

Meu caro AMIGO só agora tive oportunidade de aceder aos "comentários " e novidades -boas por sinal-, o que nestes tempos não acontece com a frequência que desejamos!!!. PARABÉNS meu amigo.Agora entendo melhor aquele contentamento após o "tal" exame...na Clínica,não podia ser só pelo método utilizado!!!!!..., sei que os resultados tambem foram bons.Um grande abraço e... FORÇA ZÉ!!. jmc

Anónimo disse...

Meu caro AMIGO só agora tive oportunidade de aceder aos "comentários " e novidades -boas por sinal-, o que nestes tempos não acontece com a frequência que desejamos!!!. PARABÉNS meu amigo.Agora entendo melhor aquele contentamento após o "tal" exame...na Clínica,não podia ser só pelo método utilizado!!!!!..., sei que os resultados tambem foram bons.Um grande abraço e... FORÇA ZÉ!!. jmc

Laura disse...

Ahhh, agora já sei como é o rosto de quem é anónimo no resteas, o Jrom... bonito rapaz e que ganda pinta, estudar? pois ê ja só queria pintar e tocar bombos, se conseguir, ehhhhh. Fez ele bem, como já tinha dito, afinal já tinha passado por ele e eu a ver se odescobria na foto do grupo... Beijinho aos dois e força também...laura.