13 de julho de 2007

Chichén Itzá


Chichén Itzá, foi eleita uma das SETE MARAVILHAS DO MUNDO

As opiniões e os votos, valem o que valem.
Esta maravilhosa pirâmide conta-nos histórias de adoração e sacrifício aos Deuses.
Os seus degrau, são de tal forma íngremes, que é costume serem descidos de rabo no chão. O meu filho Bruno, que tem vertigens, assim o fez. Eu, consegui descer relativamente rápido, agarrado a uma corda.
Naquele local, existiu o Campo de Jogos dos Prisioneiros, onde estes jogavam um jogo com bolas de borracha, que chegavam a pesar vinte quilos, comportando cinco jogadores de cada lado. O jogo era jogado apenas com as ancas e consistia em fazer passar a bola por uma argola situada a cinco metros de altura, numa parede lateral. Braços e pernas, não podiam tocar na bola. O jogo acabava, quando uma das equipas deixava parar a bola e perdia, ou então quando esta passava pelo buraco e ganhava.
Não raro era, chegarem ao fim com ossos partidos, o que também não importava muito, pois a quem perdesse, seria cortada a cabeça.
A cidade maia de Chichén Itzá, é muito mais do que a Pirâmide de Kukulkan – é também uma Praça de Mil Colunas, um Poço de Sacrifícios e muitos outros monumentos, já que se tratava dum centro político e económico.
Fica situada no México, no Estado de Iucatã.
O local é totalmente plano, até perder de vista e a vegetação é rasteira.
Rezam as crónicas dos cientistas, que terá sido neste local que caiu o meteoro, com dezassete quilómetros de comprimento, que terá dado origem à extinção dos dinossauros e à consequente alteração de vida na terra.
Chichén Itzá – cidade dizimada pelos conquistadores espanhóis há quinhentos anos - até outro dia!

5 comentários:

Anónimo disse...

ÀS VEZEZ - FIM DE SEMANA, TAMBÉM É CULTURA.

KIM!

Obrigada pela aula.

Falta vires conhecer as maravilhas do nordeste brasileiro

SPUK

carla mar disse...

infelizmente, esta votação, foi apenas uma palhaçada!
é imperdoavel a ausência das ruínas de angkor, no cambodja e as estátuas da ilha de páscoa.
falando mais a sério...
MARAVILHA... são as tuas keridas comentadoras!
;)

Anónimo disse...

Boa...
A Carla tem razão..
Não sei se te somos queridas ou não, mas da parte "maravilhas"...Gostei...
É fim de semana e ás vezes somos mesmo.
(Hoje estou feliz e exagero um pouco. Mas porque não ás vezes...)

I.R.

Anónimo disse...

Claro que vocês são umas queridas maravilhas.
Aqui vamos trocando impressões, quase diariamente e desde que abri esta página de desabafos, verifico que, dos cerca de 50 leitores diários, "as minhas queridas" substituiram, na perfeição, "os meus queridos".
Em Setembro, quando a Cristina e a Spuk, chegarem, poderemos desabafar cara a cara, à volta dum petisco qualquer.
Maria, Isabel e Carla, as inscrições estão abertas.
Um beijinho
Kim

Rui Salvador disse...

Segundo um dos mais conhecidos antropólogos norte-americanos (Marvin Harris), os sacrifícios não seriam bem para os Deuses. Parece que as proteínas animais não abundavam e o canibalismo era um recurso bastante praticado.

http://rsalvador.blogspot.com/2006/01/fim-de-semana-mitos-os-sacrifcios.html