5 de julho de 2007

BULGÁRIA




Adicionar imagem
Agora que é possível escrever com acentos, não quero deixar de dizer algumas pequenas coisas sobre a Bulgária, caso algum dos meus amigos (as) vá visitar esse país.
O meu quartel-general, era uma estância de turismo – Sunny Beach.- com dez quilómetros de praia.
A água do mar é quente (26 graus) e a temperatura do ar é de 30-35 graus.
No Inverno – 15 graus negativos.
O dia é longo.
Duzentos e tantos hotéis, quase todos em cima da praia e outros tantos bares barulhentos.
Funciona apenas, de Abril a Setembro, parecendo durante o resto do tempo, uma cidade fantasma.
O povo é geralmente simpático, com mais acentuação naqueles que vivem do turismo.
Visitar um país, é acima de tudo, falar com o povo e visitar o interior. É isso que gosto de fazer, o que não é possível em oito dias.
Bulgária – um país que entrou parta a Comunidade Europeia em Janeiro de 2007 e onde o ordenado mínimo é de 230 LEVAS (115 €). Terei pena deste povo, quando o LEV se chamar EURO
Aqui recrio, uma panorâmica da praia e outra da aldeia de Nessebar – património mundial – onde as casa são de pedra no rés do chão e de madeira no primeiro andar. Como o terreno é pequeno, as casas são alongadas, por cima.
Brevemente vos mostrarei como eu vivi, numa outra minúscula aldeia búlgara, há cem anos atrás.
Até estou bem conservado!

4 comentários:

Anónimo disse...

Lindas fotos!
Lembramças inesquevíveis.....


SPUK

Anónimo disse...

Apesar de tudo,acho que estavas mortinho por chegar a casa,és um saudoso.Não sei se contigo é igual,mas,eu só depois de estar na segurança da minha casa me recordo de tudo o que vi é como um aconchego durante o tempo que falta para fazer uma nova viagem,é pena que o mundo tenha mudado depois do 11 de Setembro,acho que nunca mais as nossas vidas vão ser iguais.Um beijo da Maria

carla mar disse...

então e a tua foto de semivelho búlgaro... onde está?????
é essa que eu quero ver!!!!
;)

Anónimo disse...

Sim..
Belas fotos.

I.R.