25 de outubro de 2009

Vícios novos!


Ora aqui está uma coisa que não se deve fazer.
Net é net, cognac é cognac!.
Isto vem a propósito duma dor que venho sentindo no ombro direito e para a qual não encontro explicação.
Acho que exagerei no longo tempo que demorei na montagem dum daqueles filmezitos que tenho a mania de ir fazendo, porquanto não me lembro de mais nada que pudesse provocar-me tal tendinite. Certamente que haverá outras actividades mais interessantes do que fazer filmes, mas já nem lembro quais.
Mas, aqui me irei mantendo fiel à troca de ideias tantas vezes divergentes, não esquecendo o quão de salutar nelas reside.
E ... às vezes – brincar é preciso!

20 comentários:

Paula Raposo disse...

A foto muito sugestiva...pois há coisas mais interessantes para fazer, realmente!! Beijos.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Claro que é preciso brincar !

Mas não abandona os filmes, por favor !

Beijinhos

Verdinha

Teté disse...

Claro que brincar é preciso! E é tããão booooomm!

Mas há sempre gente distraída que se esquece disso... :)))

Beijocas!

Osvaldo disse...

Kim;

Ora pô... Não vais dizer que te fizeram mal os ares de Tabuaço!!!

Quanto ao tema, acho que nessa brincadeira há um instrumento fora do contexto... ou é o PC, ou então é o CP... Não se pode assobiar e chupar cana ao mesmo tempo.

Um abraço, caro amigo Kim.
Osvaldo

mariabesuga disse...

... ou... quando se canta não se assobia!...

Mas há quem não saiba disso e depois... às vezes acontecem cenas destas.
O mais impressionante a que já assisti foi um casalinho todo enrolado (na rua) mas ela estava mais entusiasmada que ele que enquanto ela se entretinha ele manuseava o telemóvel descontraído...

Mas olha que a brincar a brincar ficaste com essa tendinite manhosa de que te queixas. Não teria acontecido alguma coisa de que deverias lembrar-te enquanto estavas tão entretido a montar os ditos filmes?!?!?!...

A brincar ;)
A brincar ;)

Ó Kim brincar é preciso pois claro que sim. Se perdemos a capacidade de brincar, de rir... passamos a estar de mal com a vida e com os outros. Isso acontece a muita gente sem se darem conta...

Boa disposição saudável que a vida são dois dias...

Beijinhos e abraços que podes pertilhar com a tua Luísa.

Zé do Cão disse...

Kim.
És surdo ou destro? (Espanhol e Italiano)

A dor no ombro é do mesmo lado da mão que usas e abusas?
Se sim, não é reumático...

Vai antes a massagem...

Um abraço

Laura disse...

Bom, só acho que a cena peca por defeito de..a parigaça ao menos podia montar o burro às avessas, ou seja, podia ficar de frente enquanto tinha algo em vista, bolas, mas que pobreza de espirito ehhhhhh. e digam lá se os pc já não fazem a ingrata tarefa de eles as dispensarem, enfim...

Tendinite, paninhos quentes, pomadinha receitada plo massagistam ou vai a umas massagenszitas, mas, atenção, massagens só pró ombro de que te queixas... ai o menino...juizinho. Claro que te referiste a andar a bobinar rebobinar filme pra lá corta, acrescenta, tira põe e tudo isso deixou-te o ombro sofrido, nada que não passe daqui a uns mesitos, essa dor demora a sair..beijinhos, adoro teu ar gozão...e gostei do post..laura

Laura disse...

Não senhora, não senhora, Osvaldo, qual quê... os ares de Tabuaço e a passagem plo tábua daço... revigoraram a saúde, a alegria a todos, ah, fosse mais perto..mas para ti já sei que tudo é perto, o teu mais longe chama-se Suissa, a ir de Braga a lisboa, é um passeio de meia horita...Beijinhos a ti também..laura

Maria disse...

Kim:
Achas que é aquela coisa do sexo virtual?
Beijinhos e as melhoras do ombro.

Parisiense disse...

Ahhhh....agora a culpa é dos filmezinhos que andas-te a montar......pode-se saber quais?????

E eu também estou proibida de aqui andar a teclar por causa do meu braço direito e olha que não fiz filmes...será que foi de outra coisa que andei a fazer??????ahahahah

Bisous mon ange.

Anónimo disse...

Experimenta usar a esquerda :)
Às vezes é uma questão de treino (digo eu...)

Beijinho

Isabel

Kim disse...

PAULA - Claro que sim, eu sei e faço o possível por fazê-las.
VERDINHA - Claro que não vou abandonar os filmes. Já me escavaquei todo nessa actividade e nem por isso arrepiei caminho.
TÉTÉ - É muito bom!
OSVALDO - Os ares de Tabuaço dão vida a um morto. Isto passa depressa.
MARIBEL - Tens razão, a montar não se fica assim. Devo ter dedilhado mal alguma fotograma e entusiasmado não dei por isso.
Já não me lembro de nada.
ZÉ DO CÃO - Não Zé, não sou surdo mas sou ambidestro. Habituei-me desde há muito a fazer tudo com as duas mãos. Quando jogava ténis de mesa com adversários mais fracos, jogava com a esquerda. No bilhar, jogo com a esquerda. No futebol jogava (mal) com os dois pés, mas jogava. Na vida, não jogo nem à direita nem à esquerda. Sei onde está a razão mas não a consigo entender.
LAURA - eu acho que isto só passava com uma massagem tailandesa.
MARIA - Nem tinha pensado nisso, mas de facto isto é que deve ser o verdadeiro sexo virtual.
PARISIENSE - Nem tenho montado muito. O ano passado montei meia dúzia, este ano ainda só montei três ou quatro. Mas como se trata de filmes de longa duração, daí resultam as respectivas sequelas.
ISABEL - Já tentei montar à esquerda mas demoro muito mais tempo e o rato parece que nem anda.
E este problema agudiza-se quando estão em jogo as estrelas do norte.

Laura disse...

Kim,estás assim tão pobre na montagem?...ehhhhh...


Para a parisiense.... - Nem tenho montado muito. O ano passado montei meia dúzia, este ano ainda só montei três ou quatro.

ainda a rir perdida, por ter pescado este original teu, ora, se leres bem, deves apreciar o humorismo que criaste com estas palavras à nina parisiense, isso é que é contar segredos de alcova!...
ora lê o que escreveste...
Uma delicia, amei este riso sadio logo de manhã...

Claro que te referes à montagem de filmes...ahhh, e por falar neles, ontem levei o nosso para a Sãozita ver, devias ver as lágrimas dela a ouvir musicas dos tempos de menina e de que muito gostava,cantou para mim, a maioria, a ouvir o Moa, as ninas Ana e verdinha nas cantorias, amou, amou, e eu já perdi a conta aos momentos que passei a ver e rever.
Obrigada amigo e v~es como essa frase fez rir a miuda das resteas?...Beijinhos e amo a ti, amo sim meu amigo...laura

Je Vois la Vie en Vert disse...

Oh Kim,

A nossa amiga Laura é mesma ingénua, não é ? Pior ainda do que eu !
Eu também estive a rir sozinha a frente ao PC quando li estas frases de duplo sentido cuidadosamente escolhidas pelo Kim...

Com que então, és bom em ténis de mesa. Eu também !
Faz-me lembrar a primeira vez que entrei na sala de convívio da escola onde tirei o meu curso superior que tinha uma mesa de ping-pong. Estou a ver a cena dos rapazes a ver entrar uma miúda - :D - e a pensarem " bolas, vamos ter que deixá-la jogar..." :(
e ficaram de boca aberta e o queixo lhes caiú ao peito quando viram o meu primeiro lançamento.
Depois, era uma guerra para poderem jogar comigo. Era a única rapariga no meio dos rapazes. É provavelmente por isso que me sinto a vontade tanto no meio dos homens como no meio das mulheres e que tenho vários amigos do sexo másculinos.
Aconteceu a mesma coisa quando o meu filho convidou os amigos a jogar comigo. Não conseguiam bater-me.
Há mais de um ano que não jogo ! Mas é como a bicicleta, não se esqueça, basta aquecer um pouco. Não faço bolas "curtadas" mas obrigo os meus adversários a correr da direita para a esquerda e da esquerda para a direita ! Hé hé, dou cabo deles...

Desafio-te, caro Kim!

Beijinhos

Verdinha

Kim disse...

VERDINHA - Eu também sou mesmo ingénuo. Nem fazia ideia que isso pudesse ter outro sentido.
Ainda bem que alguém está atento. Olha o raio da miúda Laura, que está atenta a tudo e eu a ver se passava.
Na primeira oportunidade podemos fazer uma jogatana de ténis de mesa. Claro que é como tu dizes. Quem sabe nunca esquece, mas fica um pouco trôpego.
Eu estive trinta anos sem jogar, mas joguei o ano passado e estou melhor que aquilo que esperava.
Neste momento estou a ver os teus verdes e a "coisa" está preta..
Bj vermelhinhos

Laura disse...

Ahhh, a miuda endoidou de riso, pois, és Mestre na arte do disfarce, mas, apanho-te nas filmagens ehhhh.. beijinhos e abraços, ah, agora ando a seduzir o Moa, valha-me deus...que riso feliz pelos miminhos recebidos..Abreijos a ti e todos, verdinha a nina laura só não ouve, de resto, é fina...beijinhos a ti também, laura

Laura disse...

Ténis de mesa, jogava em Luanda no club dos caçadores e nas casas de amigos e a bola ia e vinha bem à defesa, ganhava e perdia, há mais de 30 anos que não jogo...quem sabe em lisboa conseguimos um empate, verdinha leo, Kim laura, vamos a bolas?...beijos.

jrom disse...

Em tom de brincadeira, menciono as muitas tretas que se falavam quando eu era jovem.
Havia quem comprasse um elétrico.
Outros houve, que compraram o elevador de Santa Justa.
Por último, aquela célebre máquina automatica, numa cabine de pregar botões na braguilha das calças e que alguns incautos entravam a pensar que era um urinol e saiam de lá aos saltos com um botão pregado no coiso.
Penso que essa do sexo virtual está a dar lucro á worten por haverem tantos plasmas e Lcds furados.
Nem todos sabem como é .Né?
jrom

Anónimo disse...

É por causa de fotos como estas que nós os informáticos estamos cada vez mais mal vistos. Uma vergonha, mas felizmente não somos todos tão cromos!
João

Laura disse...

Oh, é mais uma imagem que ao fim e ao cabo, até nos fez rir, nem se vê nada, a menina está simplesmente de costas entretida nem sei com quê! e o pobre do rapaz está a trabalhar, decerto. deu pra rir e não é sem vergonhice nenhuma, é giro...