8 de outubro de 2009

Que pena!

Ele era completamente narcisista, estilista e apanhava muito sol. ...
Uma manhã parou nu em frente ao espelho para admirar o seu corpo, e notou que estava todo bronzeado, à excepção de seu pénis.
Então decidiu fazer algo. Foi à praia, despiu-se completamente e cobriu-se todo de areia, menos aquilo...


Duas velhinhas vinham caminhando pela praia. Uma delas usava um bastão para ajudar a caminhar. Ao ver aquela coisa saindo da areia, a que tinha o bastão começou a dar voltas ao redor, observando. Quando se deu conta do que era, disse:
- Não há justiça no mundo!
A outra anciã, que também observava com curiosidade, perguntou-lhe a que se referia.
A do bastão respondeu:
- Olha isso!!!
- Aos 20 anos, dava-me curiosidade!

- Aos 30, dava-me prazer!
- Aos 40, enlouquecia-me!
- Aos 50, tinha que pedir!
- Aos 60, rezava por ele!

- Aos 70, esqueci-me que existia!
- Agora que tenho 80,... crescem no solo e eu não consigo agachar-me!!!

21 comentários:

Osvaldo disse...

Kim;

São as injustiças da vida!...
Também quem mandou as essas duas beldades envelhecerem?...

Também, e como sempre, há uma solução... Se não se podem agachar, que se deixem cair,mas... cuidado, que não vão acabar por quebrar o "bijou", ou, o pior, acabarem por quebar a loucura.rsrsrs.

Um abraço, Kim.
Osvaldo

Je Vois la Vie en Vert disse...

Ah, seu malandro ! :D

De um lado, podemos pensar "Tadinhas das velhinhas que têm que ver sem poder tocar" mas do outro lado, é o que acontece sempre com as obras de arte ! :D

Beijinhos amigos

Verdinha

Laura disse...

Ahhhh, ainda pensei que uma delas tomasse aquilo por uma farturaaaaaaa, só faltava polvilhar com canela...e, zás... mas não, é sempre o eterno problema de dá deus nozes a quem nem tem dentes, bonita anedota...
Beijinho meu, laura.

Maria disse...

Kim:
Devo estar a ver mal, porque quando vi a imagem, pensei que ias falar de flores. Aquilo é um jarro! Ainda estou pior que as velhinhas de 80 anos. Elas pelo menos, ainda distinguém o que vêem. Tenho que ir ao oculista depressa. Só depois de ler o texto percebi e fartei-me de rir da história e da minha "ingenuidade".
Beijinhos

Paula Raposo disse...

Lololol

carla mar disse...

velhinha... mas, com boa memória ;)

beijosss

c

Cristina disse...

Exelente, Kim!
Bom fim de semana,beijinhos.

Anónimo disse...

Tá giro!
Um pouco machista claro!
Um dia destes tens de escrever, algo sobre o sexo oposto.
Os sinais dos tempos,abrangem os dois sexos.
Anda por aí muita confusão.
Que Deus nos guarde!......

The new Priest

Parisiense disse...

Então a velhotita não tinha uma bengala para a puxar para cima?????
E depois eu é que sou loirinha....ahahahahh

Bisous mon ange et bon weeck end.

Laura disse...

Ahhh, esta nina parisiense, de loiraça nem tem nada, não querem lá ver...atã se puxasse ca bengala, partia-se ao meio e depois? nem uma nem duas... ao menos que ficasse com quem a tinha, mas, aquele bronze saíu-lhe caro...beijinhos, laura

Rafeiro Perfumado disse...

E não lhe terem dado uma bordoada com o bastão...

Abraço!

Je Vois la Vie en Vert disse...

Oh, Laurinha, com canela ????

Então a Verdinha nunca podia ter provado, sendo fortemente alérgica à canela ! :D

Bom fim de semana

Verdinha

Laura disse...

Ahhh, verdinha, verdinha, claro que me lembrei de ti, mas como nem precisas de provar desse doce, tens de sobra em casa, ahhhhhhhh, não me importei com a canela porque tu és alérgica a ela ehhhhhhh...Olhó rafeiro, sai bordoada e tá feito, ah, rafeirito é a concorrência ? ahhhhhhhhhhh. beijinho da laura a brincar, claro.

mariabesuga disse...

Tadinha da velhinha! O problema devia ser assim um cadinho entre o não conseguir agachar-se e não conseguir tirar a fraldinha ali assim no meio da praia...

É como diz a Laurinha... -Dá deus nozes a quem não tem dentes...

Mas não precisa mais comentário que o da Paula Raposo...

Beijinhos Kim

Teté disse...

Sorte a do narcisista, que uma velhinha mais curiosa ainda lá tinha dado uma bastonada, para verificar se era mesmo o que parecia... :)

Beijocas e bom Domingo, Kim!

laura disse...

Bom, tété, acho que faria isso mesmo, na duvida se aquilo fosse algum cacto, ou, se teria utilidade para levar pra casa, ou, bastonada seria na certa, ahhhhhhh..beijinhos, laura

Zabour disse...

Ehehehehe...o k eu já me ri...

Beijinhos, amigo

Anónimo disse...

Escuta o que eu digo,
não julgues o que eu faço.

Sou católico não praticante,mas o que me ensinaram na Igreja tem-me ajudado a ser o que sou.

Não julgueis para que não sejais julgados.
Porque com o juíso com que julgardes, sereis julgado e com a medida que tiverdes medido,vos hão-de medir a vós.

Mateus 7.1

The new Priest

Anónimo disse...

E porque reparas tu no argueiro
que está no olho do teu irmão,e não vês a trave que está no teu olho?

Ou como dirás ao teu irmão:
Deixa-me tirar o argueiro do teu olho;
estando uma trave no teu?

Hipócrita,tira primeiro a travedo teu olho e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.

Mateus 7.1

The new Priest

Anónimo disse...

Pço desculpa ,por lapso comentei na descrição anterior.
as minhas desculpas.

The new Priest

Anónimo disse...

Amen !