23 de outubro de 2008

Leite creme

Como tantos outros mortais, sou um animal de hábitos e bastante fiel a um restaurante que me apaparique os pequenos vícios gastronómicos. Até nem sou muito exigente e qualquer pequena quantidade de alimento já satisfaz a gula que às vezes me tenta. Mas há pitéus que me fazem perder as estribeiras e a noção do razoável.
Sardinhas Assadas, Bacalhau à Brás, Feijoada, e Qualquer Coisa no forno com batatinhas e cebolinhas, a par de tudo o que seja grelhado, estão na primeira fila dos meus desejos.
Nos doces, não sou propriamente um guloso mas ando lá perto e o pecado chama-se Leite Creme.
Ora o Amilcar, dono do “meu” restaurante, não tem por habituação ter esta sobremesa e sabendo da minha paixão por tal camada leitosa, fez uma dezena de “leites creme” e provocou-me perguntando-me se eu não quereria uma tacinha do dito. Respondi-lhe que não queria porque gosto de comer leite creme umas colheradas acima daquele que é servido nos restaurantes.
No dia seguinte, sem eu nada ter pedido, apresentou-me uma malga repleta do meu doce preferido. Lá fiz o sacrifício de o devorar, desculpando-me com o comedido que sou naquilo que tanto prazer não me dá.

Às vezes – há razões que a gula desconhece!

12 comentários:

Anónimo disse...

Amigo estou contigo,mas faltou o Cozidinho a Portuguesa,
Adoro essas Comezanas.
Bom fim de semana
Aquele Abração
O.R.

Anónimo disse...

Doces,NÈPIA.
Gosto mais de fruta.
O.R.

Parisiense disse...

A minha sobremessa preferida.....leite creme...
Podiam tirar-me a comida que eu passava bem só a comer sopa......mas não me tirem os doces que é a minha perdição.

Bisous et bon weeck end.

carla mar disse...

LEITE CREME... limpa os vidros á alma ;)

Beijokinha

Cristina disse...

Adoro, Kim!
Bom fim de semana, grande abraço,amigo.

Anónimo disse...

Kim: Sou pouco comilona, mas muito gulosa. Há doces que, são a minha perdição.
Leite creme, arroz doce, aletria... Mas onde a desgraça se torna completa, é quando tenho à frente, uma lampreia de ovos, umas fatias de Tomar, umas trouxas de ovos, uns ovos moles de Aveiro, até uns fios de ovos... Deus me perdoe, o pecado da gula, mas só de pensar nisto, cresce-me água na boca. Agora, como sou bem comportada, vou comer uma sopinha, frutinha cozida... mas o Senhor me perdoe, se não trocava tudo, por qualquer um (ou todos) os docinhos que, mencionei.
Enfim! Lá vai a sopa, a bem da saúde e da linha.
Bom apetite para o teu leite creme.
Maria2

BLOGADOR disse...

Leite creme, não obrigado. O meu organismo recusa o leite desde os meus 4 anos de idade.
Mas estou com a Maria2, podem vir várias lampreias de ovos.

Vasco disse...

Um familiar muito próximo faz um dos melhores - ou talvez o melhor - leite creme que já comi na minha vida. Parece que o segredo dessa iguaria é, na camada de caramelo que está por cima deste, passar com uma resistência eléctrica, tostando ligeiramente o caramelo.

É de chorar por mais!

Bom Fim-de-semana!

Anónimo disse...

Exactamente. É na cadeira eléctrica que está o segredo da democraCIA do leite creme.
XL

Anónimo disse...

Já devemos estar todos, com o colesterol alto, os diabetes idem, mas ao menos estamos docinhos.
Hoje ao almoço, comi uns ricos ovos moles, feitos pelo meu filho, depois de ter comido, um belo cozido, feito por mim.
Por favor, nos próximos 15 dias, não me falem em comida.
Maria2

Anónimo disse...

Hoje para sobremesa vou fazer leite creme.
Podes vir...Vou fazer muito e queimadinho.
Um doce fim de semana

Isabel

Vasco disse...

Pois foi à conta deste "post" sobre o Leite Creme que, não tinha nada para a sobremesa do almoço de hoje, e ontém à noite fiz uns ovos moles à moda de Aveiro, mas feitos em Lisboa, que já eram...

Um abraço e bom fim-de-semana para todos!