18 de fevereiro de 2008

A vida ao contrário

Eu quero viver a minha próxima vida ao contrário:

Começo morto e livro-me disso. Depois acordo num lar para a terceira idade, sentindo-me melhor cada dia que passa.
A seguir sou expulso, por estar demasiadamente saudável. Gozo a minha reforma e recebo a minha pensão de velhice.
Então, quando começo a trabalhar, recebo um relógio em ouro como presente logo no primeiro dia. Trabalho 40 anos, até ser demasiadamente novo para trabalhar.
Vou para o liceu e bebo álcool, vou a festas e sou promíscuo. Depois vou para a escola primária, brinco e não tenho responsabilidades.
Transformo-me então num bébé e passo os últimos 9 meses a flutuar pacifica e luxuosamente, em condições equivalentes a um spa, com ar condicionado, serviço de quartos entregue por cabo e depois...

Acabo num grande orgasmo!

8 comentários:

Anónimo disse...

Há uma frase lindissima do José Mario Branco que diz: " Mãe. Quero desnascer! " -

Às vezes apetece. Não é Quim?
Abraço amigo.
jc/.

Anónimo disse...

SIM JC, AS VEZES APETECE MESMO QUERER DESNASCER.

BEIJOS

SPUK

carla mar disse...

Vale sempre a pena, a travessia da vida...

O Bicho disse...

Esta é uma ideia interessante.
Vamos criar aqui um "Abaixo Assinado" para entregar uma Petição ao CRIADOR a fim de tratar da alteração das leis da natureza.
Será que ainda vamos beneficiar do novo esquema?

Anónimo disse...

As vezes apetece tudo isso. Mas...
é tão bom andar por cá...
bjinhos
bela

Anónimo disse...

Muito bom Kim. É das coisa mais bonitas e imaginativas que já escreveste. Mas ao mesmo tempo é triste. Gosteie deixou-me a pensar.
Maria

Anónimo disse...

Inicialmente achei giro
Depois achei que não valia a pena.

Se foi bom "excelente"
Se foi menos bom "aprendi"
O que passou fez o "eu" de hoje.

Quero abrir os presentes da vida
Quero estar aqui de frente, porque ao contrário não consigo ler-te muito bem... ihihihihihih

Isabel

Anónimo disse...

Bela Ideia !!! Bem visto.. :)

Pantas