13 de fevereiro de 2008

Horizontes da Memória

Foi advogado, professor, diplomata, conservador, ministro.
Arauto duma civilização esquecida, José Hermano Saraiva é um homem que acredita em doutrinas que professa, com a convicção duma criança a despontar.
Conheço-lhe alguns inimigos e detractores, mas nem por isso deixa de ser o meu herói.
Dizem que inventa lendas e deturpa histórias, mas eu gostaria de ouvir então, as verdadeiras versões dos eruditos maldizentes.
José Hermano Saraiva é um contador da história, ou fazedor de ficção, como não há muitos. Outros comunicadores me apaixonaram, desde, António Vitorino de Almeida a Agostinho da Silva. Outras sumidades houve, como Vitorino Nemésio, Natália Correia e mais algumas, mas a riqueza da sua linguagem, obscurecia a simplicidade das palavras entendíveis que era preciso dizer.
A plebe entende-o e alegram-se as audiências deste amado/odiado, ex-testa de ferro dum ministério salazarista.
J.H. Saraiva, o professor com mais alunos em Portugal, contador de estórias da história é a alma e a gente e a alma da gente.
Por ele, emudeço à minha gente, para lhe ouvir o som da alma!

7 comentários:

Anónimo disse...

Tens toda a razão. O professor H.Saraiva, inventando ou falando verdade, prende a atenção e chega a entusiasmar. E afinal, quem falará totalmente verdade em História? As testemunhas já morreram.Quem poderá afirmar onde está a verdade? Eu também gosto e admiro o professor.
Maria2

Anónimo disse...

Tambem gosto de o ouvir e de lhe descobrir os negócios :). Conheço muito bem o seu produtor, um velho amigo de há muitos anos.
Sempre que o vejo, junto a qualquer castelo, inventando ou falando verdade mas enaltecendo as terras e as gentes, ja sei que ha ali o propósito de vender umas centenas de cassetes/ou dvd's ao pelouro de turismo das Camaras Municipais. Não vem daí mal ao Mundo, antes p'lo contrário, ja que de Norte a Sul do País as únicas peças de promoção turistica que existem são uns livrecos, mal feitos, e um dvd, bem feito, do grande comunicador. :)
Todos os males deste País fossem esses!
jota_cê/.

carla mar disse...

Gosto dele!
É um excelente comunicador e divulgador da história de Portugal.
Encanto-me, com as suas estórias da história!
... Tantas vezes, questionado no meio académico, por ter uma imaginação fertil ;)

Anónimo disse...

É um leque de nomes que me agrada muito, uns li, outros só os ouvi,
já lá vão alguns anos.
São pessoas que falam das suas verdades, nem sempre concordo, mas admiro-os muito.
bjinho
bela

Anónimo disse...

Também gosto muito de ouvir e ver este programa.E agora só uma coisinha que me anda a roer o espirito,acho que este blog tem um nome engraçado,mas, o seu dono nunca escreveu praticamente nada sobre os seus fins de semana,que tal abri este livro de segredos.Beijocas da Maria Zé

Anónimo disse...

Uma personalidade marcante na nossa cultura
Um senhor sábio e simpático que conta o nosso passado.
Um senhor especial que tem o dom das palavras e um som de encantar.

Isabel

Kim disse...

Maria, os meus fins de semana são mais ou menos iguais aos das outras pessoas, apenas com uma pequena diferença. Nuns, vivo-os, noutos, sobrevivo-os.
E são passados, ora no Estribeiro-Alenquer, ora na Praia das Maçãs.