14 de outubro de 2007

Isa de Santa Maria


Gostei! Adorei!
A Estrelinha do Norte, que vem iluminando as minhas estórias e desabafos, é afinal uma cúmplice da ternura e da amizade.
Gestos largos, lábios rasgados por um sorriso menino, olhos profundos descobrindo além, atravessam-lhe a vida na busca incessante de mais querer.
Mulher de raça, determinada em pleno, tem ainda a sorte de, à sua volta, girar uma família espantosa sintonizada em comunhão total.
A Estrelinha do Norte, é também a estrela de David, seu fantástico marido.
Israel tê-los-á abençoado, porque geraram rebentos de igual quilate, Alexandra e David Jr.
I.R. – Isabel Ramos! Isa a Bela!
A três horas de mim, tão perto do coração!

9 comentários:

Anónimo disse...

Tanto mimo…
Cumplicidades que não sabia…

Encontrei um amigo que transmite confiança, que abraça com o seu sorriso e que vê apenas o “bom” de nós.
Um amigo que agora também é um bocadinho meu (nosso).

Sinto-me honrada e privilegiada por esta amizade.

Obrigada

Isabel

carla mar disse...

Beijinho, para ti Isabel!
Isabel, minha amiga... de outras estórias ;)

Anónimo disse...

Hoje porque é especial, quebro o silêncio, e utilizando uma frase " Somente em duas ocasiões tens de falar: quando souberes exactamente o que vais dizer, e quando não puderes evitar. Fora destes dois casos, é melhor o silêncio do que a prática." ( ISÒCRATES).
E como não podia deixar escapar esta oportunidade, venho dar todo o meu apoio ao Kim e concordar plenamente com tudo o que foi dito da estrelinha do Norte e da sua familia.Isabel és linda por dentro e por fora, obridago a todos.
LF.

Anónimo disse...

Grande QUIM.
(eu não te disse?)
A minha gente é do melhor que há!
Beijo Isabel.
Beijo Xana.
... e p'ros David's aquele abraço.
O próximo encontro é no Alentejo.
Ou aí.
Ecolham.
Cascais continua de porta aberta.
:) jc

Anónimo disse...

Realmente a Isabel é daquelas que até pela foto se vê quem é,até já estou cheia de ciúmes,e ao mesmo tempo muito admirada que esta rapaziada da Porcalhota,não gostou quando pela primeira vez uma mulher escreveu no blog,e agora destas:gostam de todas,e mais uma coisa, eles até eram muito mal educados,e agora vejam lá eu a Maria por vezes quando estou eufórica chego a ser um bocadinho,é só um bocadinho indiscreta, e eles na boa todos melosos,todos chocolate derretido,estou a gostar.Realmente o Kim nasceu para as mulheres,só espero que seja assim sempre para ele se sentir bem,é quase como o metro hà sempre lugar para mais uma,beijocas da Maria

jromano disse...

Vou dividir este meu comentário em duas partes.
Ao meu amigo kim vou só chamar~lhe garganeiro,porque em todos estes anos, de amizade me ocultou este vasto e ríquissimo tesouro de pessoas amigas integralmente lindas.
Finalmente visualizo a Isabel,e aqui, «sem dar graxa ao cágado» acho-a uma senhora lindíssima. Com o meu respeito,um senhor de nome David,para sua guarda está muito bem

Kim disse...

Claro que a Maria foi a pioneira matriarca deste clã. Parabéns por isso. Não esqueço.
O que é certo é que entraram as mulheres e sairam os homens. Eu não fiz nada por isso. Aconteceu!
David é o nome do filho do José Romano, logo, qualquer David tem obrigação de ser óptima pessoa. É o caso dos "Davides" da Isabel (marido e filho)
OK J.C. - um dia destes, por aí.

Anónimo disse...

Hoje estou vaidosa pelos amigos...

Hoje estendo-me num abraço de ternura.

Obrigada.

Isabel

Pantas disse...

Ah Ganda David, Gostava de te dar um calduço, Puto,, :) :)