20 de agosto de 2007

World Trade Center











Derramadas que foram as lágrimas, sobre o World Trade Center, eis que um novo renasce das cinzas.
Um grito enorme de silêncio. Apenas as lentes apontadas para o leito do WTC, que começa a acordar.
Esperança no futuro! E nos homens!
Para que a humanidade não esqueça!
Através dum buraco na rede, consegui fotografar o neófito.
Começava a entardecer! Começou a chover!
Pensei que Nova Yorque chorava!

6 comentários:

O Bicho disse...

"Malgré tout", au soleil, a la pluis, a midi, a minuit...
j'aimerais bien (re)visiter Le Big Apple;
et, sourtout, avec toi, mon ami Alain, faire des longues promennades (comme a Paris) parcourant le 5emme, la 6emme et peut-etre laa 7emme avenues de la ville que reste toujours (pour moi), une des merveilles du monde.
Je ne sais pas comment dire SAUDADES en français.

carla mar disse...

esta dor ficará para sempre.

é uma maneira tão bonita, de dizeres, que tens saudades das tuas meninas...
para a próxima vamos contigo!
só tens que pedir... com jeitinho e nós acabamos por ceder :)

beijinho para ti.

Kim disse...

Linda esta mensagem! Diz o Bicho: - "Apesar de tudo" ao sol, à chuva, o meio dia, à meia noite ... (Joe Dassin, que diga o resto).
Gostaria imenso de revisitar a Grande Maçã (Nova Iorque) e de preferência contigo, meu amigo Alain, fazer longos passeios (como em Paris) percorrendo a Quinta Avenida, a Sexta e talvez a Sétima, da ciddae que será sempre (para mim) uma das maravilhas do mundo.
Não sei como se diz SAUDADE, em francês.

Não é preciso Bicho, porque SAUDADE, não existe em mais nenhuma lingua da terra.
Abraço-te com SAUDADE - em Português.

cristina disse...

Nostalgie,est saudade en Français!
Bom semana Bicho e Quim!

Anónimo disse...

Sim KIN,
Saudade se pode ate escrever em outro idioma, nas o sentimento é um "privilegio" nosso, só se sente em portugues.

Um beijo com saudades.

SPUK

Anónimo disse...

Quero esquecer para sempre o dia em que tudo ficou completamente diferente,foi um dia muito marcante na minha vida,acabou com tudo que construí,até a minha cabeça ficou marada,e nunca consegui recuperar completamente.Bons passeios e bom regresso,MARIA