4 de março de 2007

Atrasado p'rá festa


Zás, catrapás, pás, pás! Pum pum. Olé, olé, olé.
Estou doido? Estou, sim senhor. De alegria.
Assim, como vindo do nada, eis que os meus olhos enxergam aquele que julgavam distante.
Chegou o Bruno. As lágrimas rolaram e disse p'ra mim:
- É pá deixa-te disso! O teu menino é um homem! Vá lá, não penses nisso!
Meti a emoção no saco e abracei-o, como se faz a um amigo.

7 comentários:

Anónimo disse...

Que bom...
Que lindo...
Use os mimos todos..todinhos...
É dando que se recebe.. E é tão bom.....
I.R.

carla mar disse...

:) é tão bom dar miminhos aos nossos filhos!
mima-o mt :)

O Bicho disse...

Como costuma dizer o Marcelo:
- Um abração ao Puto é Giro!

José romano disse...

Às vezes fim de semana. Para alguns, para outros nem sempre,assim como alguem especial, que merece uns dias alargados, com companhia especial.Imaginem,a distancia, a saudade.Como tenho muitos anos de amizade convosco, ainda hoje, tenho dificuldade em definir, qual o vosso setimento mais forte,se o de;PAI,AMIGO,IRMÃO ou companheiro de todas as horas Bem hajam por tão grnde exemplo

José Romano disse...

Qual, garimpeiro na pesquisa do ouro,olhando o fundo da sua peneira, cegando com o reflexo de algumas pepitas de ouro,poderá aquilatar, o valor de lágrimas escondidas, por um pai com saudade, sufocando-as por preconceito.Que o brilho dessas lágrimas, sejam propriedade de todos os que no sentimento habitam e sabem na hora certa escolher, oque deve ser escolhido, até o ouro

Anónimo disse...

Cuidado com o Zé....Nem Saramago.

Seve

Anónimo disse...

Força "Puto é Giro"Aproveita bem estes 15 Dias.
Abraço
Marcelo