11 de fevereiro de 2010

Segurança Social - Uma vergonha!

Tinha combinado com a minha amiga Rosa dar-lhe uma ajuda para resolver um problema na Segurança Social.
Combinámos então encontrarmo-nos hoje lá, por volta das 9:30. Ela foi para fila às 6.30 da manhã e eu fui lá ter depois.
Quando lá cheguei já nem sequer distribuíam senhas. Quem quisesse alguma, tinha de voltar no dia seguinte.
A Rosa tinha a senha número 36. Ainda esperei até às 11 h. Ia no número 13. Voltei para o escritório. Ela ficou lá e telefonar-me-ia quando faltassem cinco números. Ligou-me às 14 h. Lá voltei novamente. Ainda assim só fomos atendidos às 15 h.
O que pretendíamos era entregar uns documentos e fazer umas perguntas.
Quando chegou a nossa vez …
- Minha senhora, quero entregar estes documentos e perguntar o seguinte …
- Aqui é só para receber documentos, não para fazer perguntas. Tem de tirar outra senha para esse efeito.
- Então tenho de vir para aqui às seis da manhã para tirar uma senha para fazer perguntas?
- Sim senhor! Somos poucas, ganhamos mal e temos mais gente à espera.
- E muito antipáticas!
Respondi eu.
Já tenho tanta coisa para me aborrecer, porque vou eu perder tempo com gente assim?
Entregámos os documentos da Rosa, despedimo-nos e fomos cada um par seu lado à espera que a velhice não venha depressa.
Esta foi a forma mais suave que eu tive para contar isto porque o que o atendimento foi bem pior.
É esta a InSegurança Social que temos!
Que tristeza!

23 comentários:

Osvaldo disse...

Kim;

Simplesmente Vergonhoso...

Acho, pessoalmente que este é o pior governo que Portugal teve depois do 25 de Abril, e consegue bater em inoperância o do Santana Lopes.
O Governo do Sócrates, desculpem, do Senhor Engenheiro feito à pressa, é um governo trapalhão, mentiroso, sucateiro, espanhol, anti-lusitano, anti-social, sem-vergonha, mas também acho que uma boa parte do povo português tem o governo que merece!...

É apenas a minha opinião e respeito as opiniões discordantes mas ninguém conseguirá me demover do que penso realmente do (des)governo actual de Portugal.
Que vergonha!...

Um abraço ebjs para L&L
da Ana e Osvaldo

Teté disse...

Ah, o amigo Osvaldo que me desculpe, mas não tem nada a ver com o Governo. Este, ou os anteriores!

A Segurança Social sempre funcionou mais ou menos dentro desses moldes, tal como o Arquivo de Identificação, o Instituto de Emprego e Formação Profissional e até as repartições de Finanças. É mais sorte que outra coisa! Se os funcionários acordam com os pés de fora, só complicam e são desagradáveis. Se porventura estiverem num dia melhor, até conseguem ser simpáticos...

Beijocas, Kim e Osvaldo!

Zé do Cão disse...

Amigo Kim.
E dentro de pouco tempo, nem já isto teremos.
Conheço sítios onde as coisas funcionam muito bem mesmo. E dou exemplos.
Finanças de S. Victor - Braga
Alguns centros de saúde. Não os enumero.
Depende de quem dirige. Falta a alguns, aqueles frutos vermelhos que crescem em plantas rente ao chão. Alguns chefes, não são chefes são tiranos, outros "que se lixe" é o que pensam.
Já alguma vez viste uma cigana ser atendida num serviço publico.? Tratam-na com deferência a atenção e chegam mesmo a ensinar-lhes como se ultrapassam as dificuldades.(como se eles não soubessem).
Daqui a 15 dias ainda estaria aqui a retété...retété...
abraço

Laura disse...

Kim, querido Kimzão, que até foste com a tua amiga para a ajudar, por aí se vê que como em toda a parte, há gente linda e gente feia, são os tais restos da Moirama que por aí ficou! Não vou entrar em diferenças, apenas que eu fui tão bem atendida pela senhora do balcão, que, somos amigas hoje!devido a não ouvir,
decerto, ela, admirada por eu ler nos lábios, desfez-se em mordomias, sorrisos, palavras de incentivo, até saiu do lugar dela para me explicar onde iria entregar os tais Documentos, eu sabia mas ela insistiu, ao outro dia fui ao tal balcão levar os documentos, esperei uma hora, quando cheguei lá diz-me a Funcionária; Dona Laura, os Documentos é ali em frente, e mostrou-medali o local, mas, porque me ajudou não sei, olhe,diz ela, deixe estar, já que aqui está, eu faço isso, sente-se...faz favor, preencheu o papel em como recebeu os Doc. e agradeci, feliz da vida. Hoje passo lá quando em fica no caminho, para ir ao balcão dar uma abraço `a minha amiga recente, e que bem nos sabe aquele bocadinho de treta, só de longe a longe, porque há quase sempre pessoas à espera de serem atendidas ali, só que eu escolho a hora de quase fehcar para não estorvar! Assim, a vossa Funcionária, foi no minimo, burra, mal educada e deviam tratá-la como vos tratou a vós, serem malcriados para ela sentir na pele o que vos fez passar!...Mas, assim andamos sempre às turras! Raio da gente que não tem dentro de si aquele pingo de amor, resolveria tudo tão bem...
Abracinho bem apertadinho desganar da dolce.

Parisiense disse...

A quem o dizes......eu que trabalho com eles praticamente todos os dias....

E há serviços publicos onde o atendimento é dos piores que há e o da S.Social, CNP, é sem duvida dos piores.

Mas sabes que existe um Livro de Reclamações? Sabes que as pessoas que estão no atendimento ao publicpo tem de estar identificadas????? Sabes que existem processos disciplinares?????

È bom que as pessoas também pensem em fazer valer os seus direitos, mesmo se isso implica esforço e tempo.

Beijokitas

Anónimo disse...

Amigo Kim.. Engraçado mas nao tem graça nenhuma.. O meu Irmao foi com o meu Pai a semana passada tambem a esse serviço, e tambem se passou a mesma coisa.. E tal e qual as mesmas desculpas, somos poucas, e coiso e tal...

E eu pergunto, no fundo, bem lá no fundo não acham que todos nós temos a nossa culpa nisto??

E deixo tambem outra: E que estamos nós ( pelo menos aqueles que se sentem de alguma forma culpados ) dispostos a fazer??

Abraço
Pantas

RS disse...

Nas últimas eleições votei no CDS-PP e nas próximas ainda não sei em quem votar. Na verdade alguma coisa convém mudar, mas têm de ser os cidadãos eleitores a decidir. Temos de ser todos mais exigentes (pedir livro de reclamações, votar, etc.).
Quando se pergunta se o país pode ir à falência, a resposta é que provavelmente não irá, mas andaremos a viver mal toda a vida e este é um exemplo dessa mal vivência.

Anónimo disse...

Ontem, também eu tive que contactar a Seg Social, por motivos vários relacionados com o meu trabalho. E quando há um mês atrás conseguiamos tratar de muitos assuntos on-line, neste momento nada está disponivel. Foi então que me lembrei de uma amiga que trabalha na secção de contribuintes no Arieiro, e pedi-lhe ajuda no que respeita a uma certidão de não dívida de uma empresa. Resposta desta:
"lamento minha querida, mas nada posso fazer, pelos motivos seguintes: Esta semana faltaram 8 funcionárias por motivos de doença, estão portanto de baixa durante 10 dias, 3 funcionários sairam para a reforma, 2 funcionárias estão de baixa de parto e as que restam são poucas para atender todas as urgências e reclamações. E mesmo que eu quisesse ajudar não poderia interferir nas outras secções, e se pedisse a alguma colega tal coisa, a resposta seria um não imediato."
Conclusão:
As palavras SEGURANÇA e SOCIAL neste país, saem um pouco do contexto da definição e significado das mesmas.

Há cada vez menos vergonha no País das impunidades.

Mas a culpa é dos eleitores que elegeram novamente estes governantes que se esforçam por manter uma politica anti-social e hipocrita, sem soluções á vista.

Tal como o RS disse, eu também votei no CDS/PP, não por amor ao partido, mas para contrariar, na esperança que algo mudasse. Só que tudo ficou na mesma, e para pior.
L&L

paulofski disse...

Pois não me admira nada que tenham perdido tempo e vontade em questionar funcionárias assim. Está certo que ganhem pouco e trabalhem mal, mas são episódios constantes de mau funcionamento. E nem sequer é preciso sair de casa para se ficar mal disposto. Na sexta-feira passada, dia 5 portanto, recebemos uma carta da SS, pasme-se, datada de 31 de Dezembro de 2009, a informar que o nosso abono de família tinha mudado de escalão e assim teria uma redução de poucos euros. Na nota informativa alertava que teríamos apenas oito dias para reclamação. Reclamação!!! Ora eu não tenho tempo nem pachorra para aturar incompetências e faltas de respeito. A quantia em causa não justifica isso e a minha saúde mental também.

Abraço

Anónimo disse...

Seve disse....

Oh Osvaldo mas ké ko Sócrates tem a ver com isto? oh meu amigo educação/formação/civismo, simplesmente falta disto.Ou ainda não topaste...

Oh RS na próxima vota num Estado Novo....

Seve

São disse...

Eu trabalhei na Segurança Social e nunca vi atendimentos desta natureza.

Saudações.

fogo disse...

....são mal pagos , são poucos a trabalhar, e depois quem precisa dos serviços é que paga!!!.....ó gentinha mal formada.....este país precisa de gente que queira trabalhar....o que temos agora é um bando de parasitas a querer sugar o dinheiro do contribuinte, e depois prestam um serviço, mediocre...QUE RAIVA !!já passei por este tipo de atendimento, e a vontade que dá é manda-los todos para um sitio.......


bem ajam
fogo

Osvaldo disse...

Caros amigos Teté e Seve;

Mas afinal é bem mais grave do que eu pensava com os vossos esclarecimentos!... É a primeira vez que vejo um país onde o Governo não tem nada a ver com a Segurança Social.
Será que em Portugal a Segurança Social é dirigida por uma empresa privada?...
Se é, coitado do povo, em que alhada se meteu...
Se não é, então o Governo prova o desleixo em que deixa os seus departamentos em que funcionários desmotivados e desprotegidos mais não podem fazer que se marimbar para o patrão Sócrates e "cagar e andar" para os problemas do Zé Povinho...
É um salve-se quem puder, e o último a sair que feche a porta e apague a luz, porque no fim quem se "cose" é o mexilhão, ou seja, quem precisa de ser atendido aos balcões da (In)Segurança Social.
Enquanto o povo ralha, os nossos políticos vão calando a imprensa e fechnado Telejornais, não vão eles contar coisas que o Povo não deva ou não possa saber!!!.

Um abraço e isto sem dúvida dá pano pra mangas.

Obrigado Kim pelo espaço e tempo de Antena...

Osvaldo

Anónimo disse...

Seve disse...

Oh Osvaldo ainda não topaste que tem a ver com a geração rasca em que o puto bate o pé se o pai/mãe não lhe faz as vontades; bate o pé ou dá-lhes uns pontapés...que resultado esperas que este tipo de educação/formação dê...

Seve

Anónimo disse...

Seve disse...

Oh Osvaldo então não vês que uns milhares de marmelos foram hoje prá porta de S. Bento a clamar que há falta de liberdade de imprensa....mas tamos a brincar ou quê...Mas qual Socrates? civismo meu amigo, civismo!!!! e o resto é treta

Seve

Anónimo disse...

Seve disse...

Falta de liberdade de imprensa? Mas esta gente tá doida ou quê? mas saberão/sonharão o que é a falta de liberdade imprensa? Vão pastar....

Seve

Anónimo disse...

Apoiado Seve!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Falta de Liberdade de Imprensa???? Aonde????

Liberdade de expressão????? Aonde???

O que não existe é responsabilidade, nem reponsabilização pela dita Liberdade de Imprensa..

Quanto à Liberdade de Expressão, nunca vi alguem do povo ter direito a pelo menos 5 minutos com certos Jornalecos / Comentadores / Politicos, e a ter a oportunidade de lhes por certas questões ou exprimir a suas opiniões, em horario nobre numa Televisão..

Em Portugal existem 2 Clubes

1º - os Uns que dizem mal dos outros

2º Os Outros que dizem mal dos uns

Mas ambos tem uma coisa em comum, todos tem algum poder..

Nos pagamos para assistir, e nada nos vale dizermos mal tanto de uns, como dos outros... Até ver..

Já a minha Avôzinha dizia.. " Não há mal que dure sempre"..

Pantas

Je Vois la Vie en Vert disse...

Então, amigo Kim, foi essa a tolerância do que falavas no meu blogue !
Normalmente os funcionários públicos em geral têm fama de não ter muito amor ao seu emprego e daí a trabalhar com pouca disponibilidade. Será que aí o Portugal é campeão ?
Eu felizmente, ainda não tive muito que me dirigir a este tipo de instituições mas tenho pena de quem tenha que fazer isto. Portugal será também o campeão das senhas ?
Nem vou dizer nada sobre o serviço de saúde...


Beijinhos

Verdinha

silvi disse...

Sesurançaa Social de merda , desculpem a expressão, mas é mesmo, quando precisamos dela é este fado, e quando estamos de bx, por doença, dizem que não demora a pagar, mas é só quando eles querem, só recebemos depois de estarmos a trabalhar, depois de os amigos ajudarem e os pais, até lá,chuchamos no dedo, bjs silvi.

Anónimo disse...

É verdade, mas também compreendo...
Trabalhar nas dependências da Segurança Social é muito complicado.
Os poucos funcionários não tem mãos a medir, atendem todo o tipo de pessoas,ouvem todas as lamentações possíveis e imaginárias. É um trabalho desgastante, pouco compensado e pouco motivado.
Resolver on-line e arquivar as provas ou enviar por correio registado são alternativas que também resolvem.
Frequentemente e por obrigação da profissão recorro a esses serviços e sou sempre bem atendida.

É claro que nem todos os funcionários são iguais...

Um bem haja para os funcionários públicos que o sabem ser...

Isabel

O Bicho disse...

..e assim se faz Portugal.
uns vão pior e outros vão mal!

A 1ª República foi a desgraça completa;
a 2ª República foi o que se soube até 1974;
a 3ª República por este andar não vai ser melhor...

RS disse...

Portugal é um país maravilhoso mas que tem um pequeno problema.
Está cheio de portugueses!

O Encapuçado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.