5 de março de 2009

Francesinhas, Pastéis e o Imperador


Os amigos não param de me surpreender.
Hoje a meio da manhã estava eu muito atarefado, sem tempo para comer, quando surge uma alma caridosa a presentear-me com uma caixa de pastéis de nata.
Era o J.C., qual D.Sebastião vindo da Sacolinha de Cascais ou de Belém dos lados da aurora.
Os presentes julgaram tratar-se duma cena para os Apanhados ou para uma telenovela
Todos tiveram direito a pastel, até os clientes. Faltou apenas um copinho de Aldeia Velha.
Rimos, comemos dois pastelinhos cada um e fomos almoçar uma dobrada com feijão branco.
Durante o almoço, J.C. lastimava-se: - a feijoada não está má, mas preferia uma francesinha … do Porto.
Só então me lembrei que há trinta anos que eu não comia nenhuma… de Paris!
A César o que é de César. Ao Porto o que é do Porto!
Tenho de provar um dia!

25 comentários:

Anónimo disse...

AHHHH!!!
EU TAMBÉM QUERO
PASTEIS DE BELÉM, PASTEIR DE NATA, VISITA INESPERADA DE UM AMIGO, BOA COMPAHIA PARA O ALMOÇO, E JURO QUE NEM ME IMPORTAVA QUE FOSSE UMA DOBRADA, UMA FEIJOADA OU QUALQUER OUTRA COISA, DESDE QUE FOSSE NA COMPANHIA DOS AMIGO.

MAS OLHANDO A FOTO, VEJO QUE O JC PRECISA DE UMA ESCOVA OU PENTE, E QUE NÃO FOI O UNICO QUE TE VISITOU,TEM MAIS GENTE CONHECIDA NESTA FOTO.

SPUK

Anónimo disse...

AHHHH!!!
EU TAMBÉM QUERO
PASTEIS DE BELÉM, PASTEIR DE NATA, VISITA INESPERADA DE UM AMIGO, BOA COMPAHIA PARA O ALMOÇO, E JURO QUE NEM ME IMPORTAVA QUE FOSSE UMA DOBRADA, UMA FEIJOADA OU QUALQUER OUTRA COISA, DESDE QUE FOSSE NA COMPANHIA DOS AMIGO.

MAS OLHANDO A FOTO, VEJO QUE O JC PRECISA DE UMA ESCOVA OU PENTE, E QUE NÃO FOI O UNICO QUE TE VISITOU,TEM MAIS GENTE CONHECIDA NESTA FOTO.

SPUK

Laura disse...

Bem. És desarrumado na secretária! Não devias ter papado logo tudo duma assentada, mandavas aqui prá je, e o Júlio César nem precisa d einiciais, já o conheço desde que cheguei aqui a esta santa terrinha e o via na TV... rico amigo.
Francesinhas? desculpa, falam tanto nelas, mas, nunca comi as verdadeiras e bem feitas.. é que botam lá um molho que nem te digo, aquilo sabe-me mal e nem quero repetir.. Beijinhos da dolce..

Anónimo disse...

Kim:
As francesinhas do Porto há 40 anos, eram uma delicia. Por informação fidedigna, agora confirmada pela Laura, são intragáveis.
Um dia destes, mando-vos a receita das antigas. Umas, com que me deeliciava, na Rua Sampaio Bruno no Porto.
Beijo
Maria dos Alcatruzes

sininho disse...

ai ai..
tambem quero..
J.C grande amigo teu!!
gostava de o conhecer um dia, apesar de o ter visto uma vez ao longe..
quero um pastelinho!!
=)
beijinho
Martinha

Parisiense disse...

Então o menino quer uma francesinha de Paris???????

As do Porto são melhores....ahahah

Aí que inveja desses Pasteis de Belém......

Bisous mon anje.

carla mar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
carla mar disse...

querido Kim :)


a foto, deste post, não abre. não vi nada. nadinha :)
quanto ao texto... as palavras fugiram...
uma chatice. não li e não vi :)
deves ter um virus, nas definições do blogue.

Beijo bom (em ti, Kim!)

Anónimo disse...

Pasteis da Sacolinha!
Francesinhas (?) - Gazela (junto ao Teatro S.João) ou na Regaleira (junto à Brasileira)Porto.
Cuidado que tudo isto engorda MUITO!
Quem já for gordo(a) paciência ... coma menos.
jc/.

Anónimo disse...

Pasteis da Sacolinha!
Francesinhas (?) - Gazela (junto ao Teatro S.João) ou na Regaleira (junto à Brasileira)Porto.
Cuidado que tudo isto engorda MUITO!
Quem já for gordo(a) paciência ... coma menos.
jc/.

Zabour disse...

Opá, eu gosto tanto de francesinhas, do Porto, de Lisboa ou do Algarve...eu adoooooooro, juro...

Bjokas

carla mar disse...

continuo zarolha :)
nem os duplicados vejo.
... mas, vim partilhar um segredo, contigo ;)

...

gosto de francesinhas :)
hoje, há francesinhas... para mim, na BELOURA!

(na qta da beloura, a caminho de Sintra, o melhor restaurante de francesinhas e outros mimos, propriedade de um excelente cozinheiro, da cidade do Porto.)

... uma noite destas, convoco-te, a ti(Kim), á Maria e á Beta, para um jantar de francesinhas ;)


beijinhos (num sitio qualquer!)

sendyourlove disse...

...também cá em cima tivemos direito a pasteis de nata, mas a benemérita foi a Boss!
Quanto as francesinhas acho muito boa ideia e aceito desde já o desafio...
Quem sabe aqui o patrão da casa não proporciona um encontro dos amigos do "Às vezes - fim de semana"!!!

E sem medo de engordas que somos todos bonitos como somos!

Beijos

Kim disse...

Cheguei agora aqui mesmo e não esperava tantos desabafos, mas por mim está tudo bem.
Encontros com amigos do às Vezes Fim de Semana é uma possibilidade fezável.
OK Sendyoulove, vou dizer à Spuk par vir do Brasil, à Cristina, da Belgica e ao Osvaldo de Genéve, já para não falar de Arouca, Braga, Vila da Feira, Porto, Caldas etc, etc, etc.
E se eles não puderem, vamos nós.
Há para aí umas "tascas" muito porreiras e eu sei que tu conhece-las melhor que eu.
Adoro pastéis, nortenhas, alentejanas, algarvias, beirãs! Francesinhas... não me lembro!
Também podemos combinar e vamos almoçar a ... Coimbra, por exemplo!

Anónimo disse...

No Norte é que se fazem e se comem as melhores francesinhas do mundo!
Podem e devem vir…
Eu já cá estou :)

Beijinhos para todos

Isabel

Osvaldo disse...

Caro Kim;
Quem tem amigos desses, não morre... de fome.
Caramba, comer francesinhas no escritório ou no trabalho não é novidade e "válá que vá" mas ter como sobremesa ou desserts depois desse prato de resitência, Pastéis de Belém,... é um ménu de Pajá ou de Harém...rsrsrsrsrs
Um abraço amigo Kim
Osvaldo

Anónimo disse...

" DESCUPEM A IGNORANCIA DO MACACO"

ALGUÉM PODE ME DIZER O QUE É A FRANCESINHA?


POIS JÁ ESTIVE VÁRIAS VEZES NO PORTO E NINGUEM ME OFERECEU.

CONHEÇO OS PASTEIS DE BELÉM
OS OVOS MOLE DE AVEIROS,
E AS TROXINHAS DE
MAS NÃO AS FRANCESINHS


SPUK

Laura disse...

Bom diaaaaa. Vim buscar um pastelito, O Julio César está a oferecer, olha pra ele..simpático é que o homi é! Beijinhos..laura.

carla mar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
carla mar disse...

SPUK:

as francesinhas nasceram no Porto.
foram inventadas na década de sessenta por um emigrante regressado de Paris.
este senhor decidiu dar um toque especial a uma receita tipicamente francesa, chamada "croque-monsieur". ou seja, teve a feliz ideia de improvisar e adaptar este prato aos nossos ingredientes e à nossa cultura, adicionando ao nosso paladar a magia de um molho que é a alma da receita.

atrevo-me a dizer-te que transformou um simples "croque-monsieur" em algo excelente, com alma cheia e a transbordar de vida e de substância :)

deixo-te a receita da francesinha de Amadeu Silva, fundador da "Confraria da Francesinha":


Ingredientes: Para 1 pessoa
- 2 fatias de pão de forma
- 1 fatia de salame com pimentos verdes
- 1 fatia de fiambre
- 1 salsicha fresca
- 1 linguiça fresca
- 2 fatias de queijo flamengo barra
- 2 dl de molho da francesinha

Modo de fazer:
Colocar uma fatia de pão de forma com o fiambre, o salame, a salsicha e a linguiça fresca a grelhar na prensa. Colocar a outra fatia de pão de forma por cima e deixar tostar. Cobrir a tampa com as fatias de queijo e deixar gratinar. Colocar a francesinha num prato e regar com o molho.

Molho de Francesinha: Para 4 pessoas
- 2 dl de azeite
- 2 cebolas
- 2 dentes de alho
- 200 grs. de carne
- 2 folhas de louro
- piripiri q.b.
- 50 grs. de farinha maizena
- 50 grs de polpa de tomate
- 2 dl de vinho do Porto
- 2 dl de brandy
- 3 grs. de sal
- 1 litro de cerveja

Confecção:
A essência consiste em fazer um refogado de carne. Cortam-se as cebolas em meias luas finas, junta-se o azeite, alho, louro e a carne. Deixa-se refogar lentamente. Acrescenta-se o vinho do Porto, Brandy o tomate e mexe-se, continuando a apurar. Deita-se depois a cerveja saída do barril.

*O preparado deverá ferver muito lentamente durante algumas horas até ficar no ponto, de forma a que o molho possa ser vertido sobre a francesinha, previamente preparada.

*Conforme a consistência, pode-se juntar maizena diluída em água.

A introdução do piripiri deve ser feita a gosto, embora se trate sempre de um prato muito picante.

resta-me, apenas, dizer-te que francesinhas é mesmo no Porto e o resto é letra!... arrisco, só, na beloura :)

bom apetite e um beijoka, para ti :)

Anónimo disse...

CARLA MAR!

OBRIGADA PELA EXPLICAÇÃO E PELA RECEITA, MAS COMO EU NÃO TENHO O DOM DA CULINÁRIAM, VOU PASSAR A RECEITA PARA A MINHA EMPREGADA, E DEIXO PARA COMER "A FRANCESINHA" EM JULHO PROXIMO QUANDO PRETENDO VOLTAR A PORTUGAL,E AO NORTE.

BEIJOS E MAIS UMA VEZ OBRIGADA.

SPUK

Anónimo disse...

O famoso Chapéu Pastel de Nata, lançado esta semana em Paris pelo estilista C.J. foi um estrondoso sucesso e a assistência entrou em delírio quando irrompeu na sala um helicóptero lançando canela e a nata escorria até ao umbigo do manequim.
Foi um momento único, lindo, uma “francesinha”, toda besuntada com molho português.

xl

Laura disse...

Aik, uma pergunta à carla mar, menina, a salsicha é de que tipo? (ahh, a cota perguntou só pa saber e mai nada!) ahhhhh, salsicha saloia? citadinha? ahhh, bora brincar às receitas...hum...nem te zanges nina..beijinhossssssssssssss...

carla mar disse...

LAURA:

tanto faz...
só tem é que estar dentro do prazo ;)

uma beijoka para ti e um sorriso ao surfista :)

Anónimo disse...

OH SPUK FRANCAMENTE.
VAI AO GOOGLE QUE VEM LÁ TUDO MUITO BEM EXPLICADO :)
JC/.