29 de julho de 2008

Às vezes ...


Às vezes as manhãs não são tão claras e a noite é mais escura.
Citando Agostinho da Silva “... neste momento não estou preocupado com os projectos que tenho para a vida, estou só preocupado com os projectos que a vida tem para mim…”
Quando a gente pensa que tem tudo, vem a vida e diz-nos que nada temos.

15 comentários:

Anónimo disse...

É uma realidade, e, é duma forma, nem sempre fácil, que aprendemos a lição...
Aprendi a receber o que a vida me dá, e a aceitar...
Nada é por acaso...
Penso que a recuperação está no bom caminho, lenta talvez... aí
entra a aprendizagem..., e amanhã há SOL.
bjs
bela

BLOGADOR disse...

É a vida e são as repartições de Finanças! Quando se começa a ganhar qualquer coisita extra e pensamos que finalmente começamos a fugir à rotina da ginástica mensal do ordenado, vem a DGCI e faz-nos voltar à realidade de classe média baixa.

Anónimo disse...

Às vezes-Kim, às vezes, sentimos que tudo está certo, outras, tudo se desmorona como um castelo de cartas. É só ter paciência e, voltar a fazê-lo. Às vezes, é dificil. As mãos tremem, a cabeça parece não querer, mas com um pouco de jeito, ergue-se de novo o tal Castelo. Força amigo.
Maria2

Parisiense disse...

Ora nem mais Kim...eu já tive essa experiência de vida a muito tempo, por isso vivo intensamente cada dia e faço para por ser feliz mesmo quando o meu dia é cinzento.

Viver uma guerra aos 16 naos e perder tudo .....dá para a gente ter outra visão da vida.

Beijokitas grandes e um dia cheio de sol

Anónimo disse...

"FORÇA AMIGALHAÇO"
Hoje a coisa está cinzenta
mas amanhã está um sol lindo.
E este ano o nosso BENFICA
vai ganhar tudo.
PENSAMENTO POSITIVO.
Aquele Abraço
O.R.

Anónimo disse...

ESSE KIM, TRISTE, DESNIMADO, NÃO É O KIM QUE CONHECEMOS E QUEREMOS.

ENTÃO VAMOS LÁ... FORÇA, TE ANIMAS, VAMOS VER O LADO POSITIVO DA VIDA.

BEIJO NO CORAÇÃO.

SPUK

Vieira Calado disse...

Sábio, o Agostinho da Silva...
Um abraço

carla mar disse...

Ás vezes... parte de nós é lágrima que caí desamparada...
Nasce um vazio.
... E um mar cinzento, chora despedaçado.
Abre-se um buraco no peito.
As pernas caminham sem destino, porque os passos,esqueceram o seu rumo... e dormem, sózinhos, junto a uma estrada deserta...
Há poemas colados no tecto.
... E tantas vezes, palavras rasgadas no chão.
Hoje, se eu tivesse asas nas costas... seguia um mapa de olhos.
Mas... desabitei as entrelinhas. Não quero silêncios disfaçados... nem lâminas por baixo da voz.
Caminho, com os pés na terra e os olhos... sempre nas estrelas. [LEVO-TE PENDURADO Á JANELA DO MEU PEITO]
XI-CORAÇÃO com um SORRISO :)

até já... vou caminhar...

carla mar disse...

* disfarçados

jrom disse...

OI kim isso tá em redline.
Mostra atua força ,a vida tá aí,
venham os dis melhores

Cristina disse...

Beijinhos,Kim, e até a certa feira!!!

Anónimo disse...

Ás vezes é mesmo assim.

Outras vezes a gente pensa que é assim

Ainda outras e tantas vezes fazemos muito pouco para clarear as manhãs ou abrir o brilho da noite.

Dias nostálgicos "dias de nós"
Amanhã talvez...seja muito melhor

Beijinhos
Isabel

Anónimo disse...

Falei contigo à bocado. E sabes uma coisa? Não há dias cinzentos.
Há dias! - só isso.
E gastamos os dias, com o tempo que os dias têm. Devoramos as horas. Repartimos o tempo.
Há filhos que amamos, que não se envergonham de nós, que nos podem ler sem constrangimentos. Sem vergonha dos exemplos que damos.
Temos o carácter aprendido na escola dos pais que tivémos. Dos amigos que conservamos. Das mulheres que respeitamos com o amor de quem se dá e não dá. Com o amor da negação dos dias cinzentos.
Recebemos todos os dias um sol radioso e quente mesmo nos dias assim assim. Ele está lá, o sol que ri, a iluminar os caminhos do nosso trajecto de inquietude. E mesmo escondido, brilha! E mesmo escondido sorri para os dias que julgamos de cor cinza.
Acende um sorriso. Relê tudo o que escreveste neste espaço.
Achas que tens razões para teres dias cinzentos no peito?
Arriba Kim!
Abraço. jc/. :)

sendyourlove disse...

Não te reconheço...então estavas sempre a dar-me na cabeça????
Sê verdadeiro contigo em primeiro lugar e tudo será claro, poe-te no lugar do outro e tudo será perdoável...
Beijo meu

Anónimo disse...

Acho que estás a precisar de miminhos, e eu que tenho andado tão desligada do blog, só tu para me fazeres saír da crise, também tenho andado por caminhos cinzentos e tristes e o pior é que é sem razão, apenas um sentir estranho que não me deixa sossegada.Tens que aproveitar o tempo com coisas que gostes, que o tempo assim passa mais depressa.Nunca te senti assim, e fico triste por ti.Um dia destes acordas e a vida aparece com outro sabor,beijinhos e as melhoras da MARIA das Caldas