25 de setembro de 2007

Marcel Marceau - Morreu o silêncio


Morreu o maior mímico do mundo.
Marceau dizia tudo, sem nada falar.
Hoje, digo tudo, sem nada dizer.
Morreu o silêncio!
Requiem pour n’importe qui!

5 comentários:

Anónimo disse...

Hoje também não precisa escrever.
Quase as adivinho no som do mesmo silêncio...

I.R.

carla mar disse...

o silêncio despediu-se da vida.

"a palavra não é necessária para exprimir o que se sente no coração"

Anónimo disse...

Sim, Carla Mar, todos os sentimentos podem e devem ser expressos por atitudes e gestos, que o coração sentem.

SPUK

josé romano disse...

O meu cérebro está confuso.A obra é tão grande, sem nada dizer.Hoje estamos, aouvir gente a falar muito e não conseguimos ver a obra.Que esta celebridade descance em paz

Anónimo disse...

Sobre o silêncio:

ALEMANHA:-Cala-te ou diz qualquer coisa melhor que o silêncio.
ROMÉNIA:-O silêncio também é uma resposta.
ITÁLIA-Aquele que nada sabe, sabe o suficiente se souber manter-se em silêncio.
PARÁBOLA SUFI:-Se a palavra que vais dizer não é mais bela do que o silêncio, não a digas.

Seve