18 de outubro de 2010

Estrada do Atlântico - Noruega

Algures, na Noruega, existe uma grande obra de engenharia conhecida por Estrada do Atlântico
Esta construção foi iniciada em 1983. Durante os seis anos que durou a sua construção, registaram-se, no local, doze tempestades com a categoria de furacão. Resistiu a tudo.


São oito quilómetros de estrada e oito pontes sobre o oceano Atlântico.


É o segundo destino mais procurado da Noruega, mas ... é de arrepiar!
Quando o homem quer e Deus ajuda, a obra nasce!

12 comentários:

Anónimo disse...

KIM!

FANTASTICA E EXCITANTE !!!!

SPUK

JE VOIS LA VIE EN VERT disse...

Esta onda em cima da ponte, é mesmo arrepiante ! Como tenho muito medo do mar, não sei se passaria por aí...

Beijinhos
Verdinha

Laura disse...

Bom, com a sorte que tenho, acredito que passava ali na maior e as ondas a abrir caminho! Eis um traçado que me agradaria percorrer no tal do todo terreno!

Fantástica obra que resistiu aos furacões, aprendam com eles, investem onde devem, pudera, se têm com que o fazer...
Se fosse aqui, vá lá não é dizer mal da minha terra, acho que já tinha caído a ponte e o rio afogava-se... da maneira que nos estão a arrastar para o fundo! enfim.

Beijinho da dolce

Green Knight disse...

Dei comigo a apreciar esta ousada beleza e de repente comecei a rir para mim.
Então não é que, me veio à ideia um dos muitos gráficos do Ministro Teixeira dos Santos.
jrom

Teté disse...

Grande obra essa em que o homem quis e Deus mandou, para ela nascer! :)))

Mas sim, deve ser assustador passar por essa estrada e pontes, em dia de tempestade, o que vagamente se nota na última fotografia... Nem te digo o que passei, num fim de tarde de temporal em Lisboa, parada numa fila de trânsito na ponte sobre o Tejo, com os raios e relâmpagos a rasgarem os céus e os trovões a ribombarem. Por pouco não larguei o carro e fugi a sete pés...

E, no entanto, essa estrada e respectivas pontes devem ser bem piores, e as tempestades nórdicas devem ter gelo e neve à mistura... brrrr!

Beijinhos, Kim!

RS disse...

Em caso de tempestade, o sítio mais seguro (fora de casa) para não ser apanhado por um relâmpago, é dentro do carro. Quanto à auto-estrada, uma maravilha.

RS disse...

Uma boa dica para o Náutico.

RS disse...

Uma boa dica para o Náutico.

Laura disse...

RS, olha, e a Tété que queria fugir a sete pés, mas duvido que deixasse o aconchego do carrinho dela!

Sabia que não devemos ir para debaixo de árvores ou assim, mas que estávamos bem seguros no carro, essa ainda não sabia.
Lá vamos aprendendo daqui e dali. Obrigada RS, se acontecer comigo, juro que nem que me queiram arrancar do carro (só se for na enxurrada) não saio de lá!

Beijinho da laura

Maria disse...

Kim
Deve ser lindo, mas juro que não passava lá. Até as pontes do Tejo me assustam.
Pontes, só pequenas. Tomar, Veneza, Florença, Paris... Ai pontes de Paris!...
Beijo
Maria

Magia da Inês disse...

Olá, amigo!
Passei para uma visitinha...
Conheci essa estrada no seu blog... é muito bonita... deve ser bem segura também... deve ser lindo ver o mar atravessando uma estrada dessa... eu arriscaria sim!
Beijinhos.
Brasil

Andre Moa disse...

E eu que não posso ir ver in loco esta maravilha! Mas graças a ti, amigo Kim, faço como nos ensina Camões: Melhor é experimentá-lo que julgá-lo / mas julgue-o quem não puder experimentá-lo.
Abreijos
Kim