7 de abril de 2010

Prior de Trancoso

O homem está "chupado das carochas". Por que será?

"Padre Francisco da Costa, prior de Trancoso, de idade de sessenta e dois anos, será degredado de suas ordens e arrastado pelas ruas públicas nos rabos dos cavalos, esquartejado o seu corpo e postos os quartos, cabeça e mãos em diferentes distritos, pelo crime que foi arguido e que ele mesmo não contrariou, sendo acusado de ter dormido com vinte e nove afilhadas e tendo delas noventa e sete filhas e trinta e sete filhos; de cinco irmãs teve dezoito filhas; de nove comadres trinta e oito filhos e dezoito filhas; de sete amas teve vinte e nove filhos e cinco filhas; de duas escravas teve vinte e um filhos e sete filhas; dormiu com uma tia, chamada Ana da Cunha, de quem teve três filhas, da própria mãe teve dois filhos. Total: duzentos e noventa e nove filhos, sendo duzentos e catorze do sexo feminino e oitenta e cinco do sexo masculino, tendo concebido em cinquenta e três mulheres".
[agora vem o melhor:]

"El-Rei D. João II perdoou-lhe a morte e mandou-o pôr em liberdade aos dezassete dias do mês de Março de 1487, com o fundamento de ajudar a povoar aquela região da Beira Alta, tão despovoada ao tempo, e guardar no Real Arquivo esta sentença, devassa e mais papéis que formaram o processo".

SENTENÇA PROFERIDA EM 1487 NO PROCESSO CONTRA O PRIOR DE TRANCOSO·
(Autos arquivados na Torre do Tombo, Armário 5, Maço7)


30 comentários:

Dad disse...

Bom, esta é demais!
E sendo verdade ainda mais interessante...
O homem era uma máquina que nem olhava onde trabalhava... caramba!
imagino como é que seriam aquelas confissões ...

Beijinho Kim!

Je Vois la Vie en Vert disse...

O mais engraçado é que esta história é verdadeira ! Pelo menos, sabe-se que o homem era muito fértil e não olhava a idade ...
Se fosse agora, como é que pagava as pensões de alimento para os filhos ?


Beijinhos
Verdinha

Teté disse...

Já naquele tempo se perdoava a devassa aos padres...

Será que a História e a Justiça não deviam ser um pouco menos benevolentes com estes homens promíscuos? Ainda por cima quando em causa estão crimes de pedofilia! (quanto ao resto, se é da vontade de ambos, ninguém tem nada a ver)

Beijocas, Kim!

fogo disse...

é por estas e por outras que deviam deixar os padres casarem.........

fogo

Osvaldo disse...

Caro Kim;

Se é verdade que os padres não podem casar, também é verdade que ninguém os pode proibir de irem casando!... mas este trancosense, beirão dos sete costados, era, como diz o Ney Matogrosso, Homem com H e além disso com uma tomateira que dava pra alimentar as mulheres todas da freguesia e arredores, Quintas incluidas!...
Houvessem mais padres como esse e não teriamos problemas com a desertificação. Só haveria um problema a nivel governamental; Qual seria a desculpa que o Governo teria de inventar para fechar as Maternidades?!... É que com máquinas de engravidar como essa do padre de Trancoso, não haveria parteiras no desemprego e até estas corriam o risco de ficarem grávidas enquanto assistiam ao parto!.
Esse homem merecia uma Estátua na Praça principal de Trancoso rodeada por um belo jardim de "Tomates e Pepinos" em flôr!...

Um abraço, amigo Kim e bjs para L&L.
da Ana e Osvaldo

Brancamar disse...

Olá Kim,

Hihihi!
Estou a rir-me mais do comentário do Osvaldo que da história do padre de Trancoso.
Jà conhecia esta história, mas de facto o homem era um fenómeno e não tinha temor de Deus, confessava muito (?) e devia confessar muito bem, hihi, mas será que ele próprio se confessava aos colegas?
Seria um caso a ser estudado pela psiquiatria, um "sexocompulsivo", se assim se pode chamar.

Beijinhos da Branca e obrigada por nos fazeres rir.
Haja boa disposição.

Andre Moa disse...

Ai mulheres da Beira-Alta,
lá da vila de Trancoso,
que este padre é um peralta,
sem escrúpulos e fogoso.

Se pudesse ser casado,
a prole diminuiria
e o varrão era acusado
de encesto e poligamia.

Este era mesmo um sabujo,
só bom p'ra reprodução.
Homem? Não. É porco sujo,
porco, varrasco, varrão.

Também já conhecia a história que, confesso, me enojou, tal como hoje me enjoa a hipocrisia pedófila dos vigários de deus na terra. Para mim é mais grave a instituição que os prevaricadores, vítimas da distorção da sua natural tendência para a brincadeira, do seu natural apetite sexual. Mais uma aberração da instituição religiosa católica, apostólica, romana que, para ser coerente com o celibato que tão acerrimamente e tão estupidamente defende, deveria impor a castração a todo o clero. Prefere a castração psicológica que tantos distúrbios causa e tão malévolos efeitos provoca.

Abraço, amigo Kim.
André Moa

Anónimo disse...

... e ainda lhe sobrava tempo para ser Pedófilo? A igreja e os seus sacerdotes andam numa roda viva! Começamos a conhecer os "calores" vigários :)
jc/.

Laura disse...

Olha, hoje estou numa de aprender coisas e loisas, era a palavra Bardo (Poeta etc etc que nem fazia ideia...tive de ir consultar o calhamaço das palavras e encontrei o que queria...)

agora apreces tu com essa, e, juro que nem fazia ideia e ainda por cima Português, ah, bem falam a verdade quando dizem que foram os Portugas a fazer aparecer a raça mulata!..p'los Brazis e por Angola etc etc...
Mas este homem era simplesmente um ser doente e que pena que não o internaram numa qualquer instituição, meu Deus, fiquei parva com essa grandezissima proeza! Tem mesmo cara de demente! e as beatas safavam-se bem na Igreja não haja dúvidas!
Já foi há tantos anos, mas a descendência dele há-de estar espalhada entre nós, caramba, que parentesco!...

beijinhos mil, gostei de saber isto assim; bela ideia este post.

Laura disse...

Ahhh, gostava de saber se ele mandava as beatas amásias, rezar três avé Marias e um Pai Nosso pelo pecado que ajudou a cometer!...se para a Igreja era pecado, logo!...
Cretino do caraças! mas a Igreja continua a proibição de casar os Padres preferem que sejam assim, já que acham o sexo um erro e que deve ser dominado, ah, que ganda burros...O amor é lindo é belo e enquanto durar porque não! ah, padres padres!...saiam da profissão que não dignifica o homem e vivam a vida como todos, normalmente... sexo é lindo em amor!...não precisa de ser pecado, pecado é fazê-lo sem amor ahhhhhhhh...

Zé do Cão disse...

Bem, às vezes fim de semana...Não resisto.
Mudam-se os tempos mudam-se os «hábitos»...
Debaixo dos "Hábitos" está o desejo.
Afinal, ontem como hoje...

um abraço

Zé do Cão disse...

Kim

E sabes tu que o elixir da fertilidade que salvou o padreca de Trancoso da morte certa, se vende em frasquinho de licor a um preço irrisório.
Ohla, até a barraca abana....

Kim disse...

Cada vez mais vamos tendo conhecimento dos exemplos da Igreja.
Foi no achamento do Brasil. Foi na Inquisição. É na pedofilia.
Em todas as religiões acaba sempre por vir ao de cima o lado podre que existe em todas elas.
Talvez a legalização do casamento dos padres minimizasse a volúpia do errado.
Qual é o elixir, Zé?

Laura disse...

Kim; até admira que deixem essas coisas á mão de serem lidas por qualquer um!...
Os padres nem precisam casar, bolas, meu! casar para quê? para ficarem e ficarmos amarrados a uma pessoa que dali a anos já não nos diz nada? errado casar, errado de certeza porque casamentos certos e felizes contam-se pelos dedos, o resto? aguenta-se banalizando a coisa!
Quando existem filhos, lógico que enquanto são menores, todo o apoio dos pais será pouco, mas depois d euma certa idade a marrar no burro que não anda por mais que queiramos... Não vale a pena.

Ah, esse padreco tem mais cara de demónio do que santo e o caminho entre o confessionário e a sacristia devia ser curto...entre 3 avé marias e sem o Pai Nosso, o homem despachava a coisa...
Que besta!
beijinho da dolce...que brilha em alegria paz e amor, porque está sol...

Anónimo disse...

OBSERVAÇÃO

Total de mulheres 54 e não 53
total de filhos 275 e não 299
o que faz baixar a produção - aumenta o número de mulheres e diminui o número de filhos.
Assim se o produtor iniciou a actividade aos 14 anos e terminou aos 62 ( desconhecendo se foi por reforma antecipada)
A taxa de produtividade é de:275/48 ou seja 5,73 ano o que comparada com a taxa á época que se refere´estamos perante uma produção baixissima ao que poderá eventualmente levantar algumas suspeitas se este senhor por ventura não seria bisexual.
Penso que seria importante avançar com uma Comissão de Inquérito urgentemente!

XL

Zé do Cão disse...

Kim
Não sei se conheces as novas instalações das "tortas de Azeitão".
Digo-te que são extraordináriamente bonitas. Pois tem lá esse elixir que vem expressamente de Trancoso.
Visita-me, iremos lá provar uma torta e provas o elixir. Garanto-te que até a torta fica direita.
Um abraço, bom amigo

Laura disse...

Ahhhh, sorrisos arrancados pela escrita do Zé, o rapaz é fresco para a idade...
Zezito, aquele abraço apertadinho e isso fez-me lembrar as tortas que me enviaste quando saí do Hospital!...belas tortas de azeitão.
Kim, não vás na conversa dele, porque só vais apanhar tortas, o elixir é conversa decerto...laura

Je Vois la Vie en Vert disse...

Querida Laurinha,

Passaram tantas horas no parlamento para votar a lei do casamento dos homossexuais e tu votas contra o casamento pura e simplesmente ...
É Revolucionáriazinha ?

Beijocas

Verdinha

Laura disse...

Verdinha; o casamento em si a maioria, é apenas um papel guardado numa gaveta mas que concede direitos de alforria sobre o outro!...acaba-se uma escravidão e começa-se outra de forma diferente mas quase que vai dar ao mesmo. Não fomos feitos seres livres para vivermos da forma que quisermos? Assim, os casamentos diferentes, isso é lá com eles, nem esses deviam casar quanto mais homem, mulher, asseguro-te que; o amor acaba, a paz vai-se e fica a raiva por se sentirem presos a quem tem de ser, só isso...tenho montes de amigas e conhecidas separadas e!...qual casamento qual carapuça!... ehh mas não te rales que continuo a ser a mesma, não meto a pata na poça, podes crer... ehhhhhh..beijinhos, laura

Dad disse...

Gostei da observação do XL (Anónimo) - Muito boa!

fogo disse...

o casamento dos padres , defacto deveria ser legalizado, como qualquer "contrato" pode ser suspenso, porque agarrado(a) a uma relação fica quem quer,(quantos e quantos se dizem felizes e vivem também de fachada!!!!!) o casamento é a união entre pessoas que se amam, quando o amor chega ao fim e o casal assim o entende então existe outra formalidade chamada divórcio.
logo os padres deviam casar ou estar em união de facto... o diabo e a seta, porque pecadores somos todos!!!

bem aja a todos

fogo

Anónimo disse...

O problema não é os padres casarem ou não casarem.
O problema é a Igreja!

XL

Je Vois la Vie en Vert disse...

Acho que ,na nossa época, ninguém é obrigado a casar mas há quem casa com a desenvoltura de fazer uma compra de supermercado.
Casamentos de fachada, isto também acho, já não se justifica. Pode haver casamentos que continuam por dependência financeira e isto, em pessoas bem formadas, até pode se resolver. O problema, muitas vezes, é a raiva de ter falhado e a vontade de querer fazer a vida negra ao outro. A TOLERÂNCIA é a palavra que mais gosto porque ela resolve muitas coisas.
Ainda existem casamentos que não são de fachada, posso lhes assegurar isso e alguns dos leitores deste blog podem testemunhar !

Este prior me provocou várias reacções...mas nenhuma de atracção ! Devia haver pouco material interessante nas redondezas para ele ter tanto êxito...

Beijinhos, Kim

Verdinha

Maria disse...

Já conhecia a história, mas adorei vê-la. D.João II, o meu rei especial, arranjou uma boa desculpa para o prior. Vamos a ver que desculpa arranjarão para estes priores de agora.
E o Benfica perdeu, amigo. Estou triste.
Beijinho
Maria

Kim disse...

Efectivamente, a culpa é da Igreja! E a Igreja é feita de pequenos e grandes prevaricadores. Assim sendo nunca haverá uma Igreja perfeita.
Tenho mesmo de ir a Azeitão provar as tortas do Zé, regadas com o tal elixir.

Laura disse...

Kim, hoje convidava-te para almoçar connosco, pese a lonjura,... fomos a P de Lima comer arroz de sarrabulho, vinho da casa, vinhão verde tinto, ah, rapaz,depois uma sobremesa deliciosa... ao pé do Rio o Rio tão lindo sereno...vim atrás a Neide trouxe o carro e a avó veio também, passamos por lugares lindos cheios de verde e de viço, moço, que bem me saberia a vossa companhia...só para vos regalardes com as vistas, isso já valia a pena, quem sabe em breve podeis vir cá e vamos lá almoaçr...quem sabe..basta combinar...
Aquele abraço apertadinho da laura

Laura disse...

Exactamente ó XL, a Igreja e mais nada, os prevaricadores são aqueles que desfeiam o amor, logo, atrás do amor (a correr ehhhh) vem o sexo, mas já fazem parte um do outro... só que, se os padres se metessem com gente do tamanho deles...vá que não vá, crianças, mau mau e mau!...
Mas os padrecos têm muita culpa, ninguém os obriga ser Padres, os tempos em que os obrigavam a ser Padres já lá vai...
É a Igreja sim..são as igrejas e o raio das religiões que cada vez afastam mais uns e outros, mais vale deixarem-se disso e limitarem-se a serem boa gente e o resto é treta!...as religiões de hoje são apenas fonte de rendimento de muitos e de esvaziamento de muitos mais, porquê? o Povo adora sofrer!...
Abraço apertadinho da laura

Anónimo disse...

Convido-vos a um pequeno exercício.
Olhem bem a fotografia do prior Francisco da Costa.
Agora procurem na net uma fotografia do ex-banqueiro Oliveira e Costa e digam lá se encontram alguma semelhança?... Iguais?...quase .
Será o banqueiro descendente do prior? Uma coisa é certa estes Costas nasceram para f.... Portugal.

XL

Laura disse...

Só tú ó XL, realmente, e achas que só haveria um descendente do prior aqui? devem ser quase todos...
que os banqueiros são o que são, já eu vi, como na Tv os que perderam tudo, ah, dá cá uma raiva,e admira-me que não houvesse um que dese um tiro nos responsáveis... mas, quem os deixa proceder assim? são todos iguais...enfim, f....-nos a todos é verdade de uma forma ou de outra!...e ainda têm lata para continuar...
Abraço apertadinho da laura

Helena Teixeira disse...

Olá!

Deixo um convite: Junte-se a nós no dia 10 de Junho, no Convento dos Frades, em Trancoso, num duplo evento: «Encontro de Bloggers e lançamento do livro "Aldeias Históricas de Portugal - Guia Turístico". Para estar presente, envie um mail para aminhaldeia@sapo.pt a solicitar o formulário de inscrição e o programa das festividades. Faça-o com antecedência, pois as inscrições são até dia 2 de Junho.

Abraço
Lena