23 de março de 2011

PEC - até onde?

Pec XXI - ano 2014 Alguém, perfeitamente lúcido, iluminado e premonitório, elaborou este boneco, simbolo da realidade que se aproxima. Sabendo que maus ventos soprarão para todos mas em especial para os menos afortunados, que afinal são a maioria, aqui clamo por uma réstia de esperança. Apenas uma certeza; quem vai pagar, serão sempre os mesmos. Há quem diga que não é preciso extremar situações, mas eu pergunto: - Não estamos já no extremo? - Claro que sim! No extremo ocidental da Europa!

30 comentários:

Teté disse...

Pois, mas olha que o senhor do balcão parece que não vai aguentar este embate, os zunzuns indicam que está por um fio...

Mas a esperança, já se sabe, é a última a morrer! :)

Beijocas, Kim!

Janita disse...

Olha lá Ó Kim, então tu nem me deixas aquecer o lugar ao vídeo do XL & Cª??
Quer-se dizer tiras-me dum sonho e metes-me num pesadelo, não?
Ainda aqui te venho copiar este vídeo, posso? Vamos lá ver se eu sei fazer isso.

Dizem que não é preciso extremar situações, porque extreminhos já nós estamos.
Se fosse só no extremo mais ocidental da Europa, bom era.
O pior é que estamos no extremo da penúria, no extremo da pouca vergonha e no extremo do daqui não saio, daqui ninguém me tira.

Olha Kim, beijinhos para ti e vamos clamando, então, por réstias de Esperança e de Sol.

Janita

FMF disse...

Lá para o PEC 8 ou 9 a fila é a mesma, mas:
O senhor do balcão está nu
Os da fila estão a entregar a pele...

Laura disse...

Então? ah, parece que vão todos a caminho da praia do Meco... se até aqui era só para os mais corajosos, agora passa a ser para todos (será? todos?)

Já nem digo nem penso nada, a capacidade de pensar esgotou-se e sei do que o ser humano é capaz para se por num poleiro...vale tudo!

Que a vida dê uma volta de verdade pois já estamos cansados de andar de pernas para o ar...

Um beijinho da laura

Janita disse...

Kim, espera aí um bocadinho que eu também me vou pôr na fila.

Prontinha pra ir direita pró crematório...

Beijinhos querido Kim.
Janita

Anónimo disse...

CÁBULA PARA PRÓXIMAS ELEIÇÕES
- responsáveis políticos dos últimos 30 anos ( cuidado com o Alzheimer)
1980 – Sá Carneiro (AD)
1981 – 1983 – Pinto Balsemão (PSD – CDS – PPM)
1983 – 1985 – Mário Soares (PS – PSD – Bloco Central)
1986 – 1995 – Cavaco silva (PSD)
1995 – 2002 – António Guterres (PS)
2002 – 2004 – Durão Barroso / Paulo Portas (PSD – CDS)
2004 – 2005 – Santana Lopes / Paulo Portas (PSD – CDS)
2005 – 2011 – José Sócrates (PS)

O MAIS DO MESMO?
DO MESMO MAIS?
Arre porra que é de mais.

XL

Janita disse...

Arre porra mesmo, XICO!
Muito prazer, como está?

Não queremos:
MAIS DO MESMO
NEM DO MESMO MAIS!

Então, que alternativas
apresentais?:-)

Já sei e concordo.

Um abraço de boa camaradagem.

Janita

Parisiense disse...

Venha o diabo e escolha....
Que mais será preciso????

O que vale é que a primavera chegou quente e o verão também está quentinho.....senão iamos ver por aí muita coisa encolhida...:D

Beijokitas

Green Knight disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Green Knight disse...

As recordações levam-me ao antigamente.
Veio-me à ideia, aquele velho filme com o titulo "Todos morreram calçados".
Será que desta vez nem os sapatos escapam?
A ver vamos!A fé é que nos salva!
A àrvore democrática, já tem ramos muito velhos.
Devido ao míldio, os frutos são maus.
No fundo trata-se de um problema de "agri-cultura"
jrom

Anónimo disse...

Assunto:
CÁBULA PARA AS PRÒXIMAS ELEIÇÕES

Após ter lido e relido, voltar a confirmar,não é que dei por falta do Sr Vasco Gonçalves.
"Justiça lhe seja feita".
Tonho

Anónimo disse...

Falta o Vasco Gonçalves e o Manuel de Arriaga.
Mas, pronto, conho, está tudo esclarecido : a culpa é do Vasco Gonçalves……. e siga a dança…
Viva o 12 de Março. Gente nova precisa-se.
E a Islândia aqui tão perto.

XL

RS disse...

Abaixo a Reacção! Vivam os motores a hélice!
Aviador Nostálgico

Kim disse...

Amigo XL!
Vasco Gonçalves era bom homem, mas um pouco louco ("é uma coisa que me irrita").
Isto já lá não vai com falinhas mansas e não estou a ver ninguém com capacidade para resolver este país.
Dá-lhes com força Xico!

Osvaldo disse...

Kim;

Vão-se as terras,... fiquem as areias.

Um abraço.
Osvaldo

Osvaldo disse...

XL;

Vasco, só se for da Gama, mas, bom, como o momento é dificil e na falta de melhor, fico com o Liedson...

Um abraço.
Osvaldo

Anónimo disse...

....eu fico com o Grão Vasco....

XL

Je Vois la Vie en Vert disse...

Lá vou eu com as minhas pantufas verdes...e até tive que mudar a cor dos cabelos !
É que cá em casa fazemos parte dos a quem já tiraram um pouco do bolo ! São as vantagens (???) de ser funcionários públicos...
Obrigada por me teres dispensado o teu conforto quando eu precisava.
Muitos beijinhos amigos
Verdinha

Anónimo disse...

Os índices de referência da Bolsa de Nova Iorque encerraram a valorizar, mesmo com uma nova alta do preço do petróleo nos mercados globais e depois de os analistas terem especulado sobre os efeitos nos mercados da crise política em Portugal.
http://economia.publico.pt/Noticia/wall-street-inverte-tendencia-e-surpreende-analistas-ao-encerrar-em-alta_1486501

....deve ser do Grão Vasco.....reserva....up

XL

Janita disse...

ÁHH Ó Kim, se eu soubesse que isto estava tão animado, também já tinha entrado na dança.

Vasco Gonçalves...Xiii..aonde é que isso já vai...Grão Vasco parece-me melhor!

Olha Kim convida aí os teus amigos para aparecerem amanhã.

Hoje já não dá. Tou derreada.

Beijinhos
Janita

SEVE disse...

Porque será que os menos afortunados são sempre os mais prejudicados? Basta olhar para a lista do XL.........até quando.....

SEVE disse...

Também Galileu era louco...

SEVE disse...

Louco? pelo menos foi assim que o apelidaram todos os da lista do XL....+ o Kim

Kim disse...

Os que pensavam que Vasco Gonçalves era louco, eram ... todos os da lista do XL + o Kim e mais alguns milhões de portugueses.
Hoje trocaria essa expressão por LUNÁTICO

Anónimo disse...

Obrigado rapazes!
"justiça feita".
"Tarda mas não falta".
Já agora!...Acham que devo acreditar nesta ultima frase?...
Tonho

SEVE disse...

Já sabemos que ao longo da história sempre foram apelidados de loucos aqueles que haveriam de ficar nela (na história).

Osvaldo disse...

Mas,... neste Mundo de loucos, quem será o "maluco" com coragem pra pegar num país mais que à deriva, porque na verdade já tocou (com estrondo) no fundo em que os loucos da engenharia para lá o mandaram.
Continu-o a afirmar que ainda bem que nos sobram as areias onde poderemos grelhar as amigas sardinhas bem regadas com um bom Reserva Grão Vasco oferta do XL.
Um abraço a todos.

Osvaldo

Anónimo disse...

UMA VIA À PORTUGUESA
(Fado chuchialista)

Eu cá
quero é
o socialismo à portuguesa,
de moreno rosto,
uma via nova,
ainda não trilhada,
com a chispalhada,
com a feijoada,
com o entrecosto…

É nisso que acredito
e tenho fé.
Uma via original,
à portuguesa,
com o trabalho e o capital
sentados à mesma mesa,
no ministério do dito.
É nisso que eu acredito.

E não me venham falar
de revoluções impossíveis,
importadas do estrangeiro.
Não há nada neste mundo
como o suculento cheiro
do cozido à portuguesa.

Para fazer um bom cozido
é preciso juntar tudo,
o toucinho
e a nabiça,
a batata,
o chouriço,
a hortaliça,
a couve branca,
a carniça…

Se não está lá dentro tudo,
já não é um cozido à portuguesa.
Eu quero é uma revolução
que seja proletária,
enfim, está bem,
mas que também
seja burguesa.

E tudo o resto são tretas,
tudo o resto é utopia,
eu quero o chouriço de sangue,
a carniça,
a democracia,
a orelha de porco,
a carne de vaca,
o chispe à vontade,
eu quero é toda aquela chicha boa,
e depois,
sair por aí,
correr por Lisboa,
a arrotar a liberdade!

José Fanha

XL

Maria disse...

Kim
Felizes dos sem abrigo. Não perdem nada.
Maria

Janita disse...

Meu querido Kim, diz aí( ele a mim não me ouve, já vi! ) ao XL, que eu também quero tudo desse cozido à portuguesa do Fanha.
Então, a parte do capital e do trabalho, sentados à mesma mesa, é deveras saborosa.

Sabes o que é feito do Zé Fanha?
Não era aquele a fugir para o anafadinho de farta cabeleira negra, aos caracóis?

Beijinhos da miúda.
Janita