19 de março de 2010

Dia do Pai

Ao meu pai, que na sua inexorável caminhada da decadência vai tropeçando em tudo o que já não entende.
Ao meu pai, que já não conhece a cor da manhã.
Ao meu pai, que já só persegue o lamento.
Ao meu pai, que já não reconheço.
Ao meu pai, que me mostra como serei amanhã.
Um beijo tão grande como se ele me lesse algum dia


P.S.
Júlio Amaro, a tua filha Margarida, pediu-me para, aqui, te mandar um grande beijinho, certa de que as ondas da blogosfera chegarão mais depressa junto de ti

14 comentários:

Laura disse...

Ao teu Pai, ao meu, a todos os que souberam sê-lo e mesmo aqueles que nunca se esforçaram para nada, todos eles nos vão ler, sabes que sim...e todos sentem aquele abraço apertadinho que lhes damos, mesmo quando não podem estar presentes como é o caso do meu, mas, eles sabem e sentem que os amamos! Porque o Amor existe nos nossos corações, e quando assim é, a esperança transporta-nos para lá desta vida!
Beijinho a ti e aquele carinhoso abraço de sempre da dolce laura.

Anónimo disse...

Bonito, Kim :)
jc/.

Anónimo disse...

Seve disse...

Obrigado Kim.

Maria disse...

Kim, meu amigo
Fizeste vir lágrimas aos meus olhos. Há cerca de doze anos, era assim que olhava o meu. Depois deixou-me e fiquei ainda mais só.
Hoje, apesar de fazer o meu filho mais velho anos, estou triste. Logo de manhã olhei a fotografia do meu pai, e lembrei-me da frase que me disse, já lá vão 43 anos: "Foi a melhor prenda do dia do pai que me deste". "A prenda", já é pai de um filho que ele ainda conheceu. Ele foi embora e deixou um vazio enorme na minha vida.
Para todos os que ainda podem ver o pai e são pais, um beijo grande. Para os que o perderam como eu, um abraço solidário. Para ti um beijo por teres escrito uma coisa tão linda.
Petite Marie

Parisiense disse...

FELIZ DIA DO PAI, para ti Kim.

Feliz dia para todpos aqueles que souberam ser pais dando amor e carinho aos seus filhos.

Beijinhos para todos os papás do mundo e um especial para ti.

Anónimo disse...

"Não há amor que mais fácilmente perdoe, e mais benignamente interprete e dissimule defeitos, que o amor de pai".

A todos os bons pais, sejam eles presentes ou ausentes, para os que já deixaram este mundo, e para os que ainda não aprenderam a lição, hoje o dia é de todos, por isso merecem um dia muito especial.

Também deixo um beijo de saudade ao meu Pai que perdi há 19 anos.
L&L

Laura disse...

L&L, também perdi o meu há 19 anos, quase...
E lembro-o todos os dias,além de ter sido um avô maravilhoso que meus filhos lhe chamam agora Pai, porque o pai deles infelizmente não o soube ser... porque os pais que o sabem ser, merecem ser lembrados, os que ainda não aprenderam a amar, coitados deles! Vão ter tempo para isso, mais tarde, do outro lado.
Aquele abraço apertadinho, da laura

fogo disse...

boa noite a todos!!

a todos os pais , sim a todos sem excepção um dia muito feliz!!

para os pais de todos nós:

pai....meu querido
para ti que és amigo
que és amor
és a luz do meu olhar
que me faz sorrir
és meu guia....
és o meu porto de abrigo!!

Amo te meu querido pai!!!!


a todos os pais que que tanta falta fazem um feliz dia!
ao meu em especial:

paizinho amooooo te!!!

Anónimo disse...

KIM e a todos os seus amigos que hoje comemoram o dia dos pais um bejão com o calor bem nordestino.

A comemoração aqui no Brasilé para agosto.
SPUK

Teté disse...

É muito triste quando se vê um pai ser uma sombra do que foi. O meu partiu cedo e foi um grande desgosto, mas, pelo menos, não passei por isso, como vejo amigos meus passarem com pais(e mães) dementes, com Ahlzheimer e outras doenças prolongadas...

Um beijinho para ti!

susana disse...

Bonito mas triste!
beijinhos a ti e ao teu pai....o meu já cá não está!

Andre Moa disse...

Que poema lindo, ó Kim!
Como hoje nada me sai,
empresta-me este teu sim?,
para o dedicar a meu pai.

Faleceu há doze anos. Parece que foi ontem. Ainda estou a ver a correr-lhe pela face a lágrima com que se despediu de mim, vinte e quatro hotas antes de morrer.
Um grande abraço, amigo Kim.
André Moa

silvi disse...

Para todos os pais, um oceano cheio de amor, em especial para o meu que perdi a 5 anos, oceano, o mar recheado de saudade, bjs para todos silvi.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Como eu te entendo, caro amigo Kim.

Também custou-me imenso ver a decadência dos meus queridos pais e ter que despedir-me deles sem poder fazer mais do que fiz, sem saber se os reverei, deixando-os desamparados, custa ainda mais.

beijinhos

Verdinha