6 de janeiro de 2010

Casamento Gay

Uma agressão somente à religião Católica? Não (não existem casamentos entre indivíduos do mesmo sexo em nenhuma religião)

Uma agressão somente à Civilização Ocidental? Não (não existem casamentos entre indivíduos do mesmo sexo em nenhuma civilização)

Uma agressão somente à humanidade? Não (não existem casamentos entre indivíduos do mesmo sexo em nenhum grupo de humanos)

Uma agressão à Natureza? Certamente não há no Reino Animal situações de acasalamento entre indivíduos do mesmo sexo.

Casamento "gay"

Abomino histerias. E o casamento "gay" é histeria. Segundo dizem, recusar o casamento a pessoas do mesmo sexo é uma "discriminação". As pessoas dizem a palavra - "discriminação" - e esperam que eu me comova. Não me comovo. Claro que é uma discriminação. E daí? Todos os dias, a todas as horas, sobre as mais variadas personagens, a sociedade exerce as suas "discriminações". Se, por mera hipótese, eu pretendesse casar com duas mulheres, estaria impedido pela força da lei. Não será isto uma "discriminação"? Por que motivo o Estado impede que três adultos que se amam possam construir uma família em conjunto?

Arrisco hipótese: porque a sociedade estabeleceu os seus códigos de conduta, os seus símbolos, as suas instituições". São estes códigos, estes símbolos, estas "instituições" que sustentam a vida em sociedade e não vale a pena questioná-los por cálculo racionalista. Acabamos por chegar a conclusões francamente lunáticas. Se o casamento passasse a ser um mero contrato baseado no afecto (a visão sentimental da tribo), não haveria nenhuma razão substancial para impedir todas as formas possíveis de casamento: entre pais e filhos; entre irmãos; entre duas mulheres e um homem; entre uma mulher e vários homens; etc.

É justo que duas pessoas do mesmo sexo que partilham uma vida em comum possam assegurar certos direitos sucessórios ou fiscais. Não é justo desmontar o casamento tradicional para acomodar o capricho de uns quantos. Pior: o gesto apenas abriria uma nova forma de "discriminação" sobre todos os outros - pais e filhos; irmãos; duas mulheres e um homem; uma mulher e vários homens - que são deixados injustamente à porta do matrimónio. Tenham juízo e, já agora, portem-se como homenzinhos.


João Pereira Coutinho - in Expresso

Amén João!

40 comentários:

Fa menor disse...

O homossexual, por ter escolhido livremente praticar o vício contranatura deve arcar com as consequências da sua opção.

Concordo com a discriminação justa,
evitando-se toda a discriminação injusta.

Laura disse...

Ahhh, para já só me dá para rir, mas, acho que cada um deve proceder como quer, se alguém quer casar a três, ora pois!, se forem dois e ficar um, ora então! nem todos alinham...
de juntssem os trapinhos, faziam melhor, escusavam de gastar na festarola... mas sempre disse, cada um proceda como quiser e o resto é treta, mas casar para quêêêÊêê?!!!!!
só a trabalheira do descasar, e ainda se mandassem convites para a festa do descasar...hum
Casamento é algo que nos metem na cabeça em miudas com a historieta do vestido branco, da flor de laranjeira, será que os gays também levam a dita na lapela? ai Kim... deixem cada um tomar as suas decisões e as suas opções, só isso acabaria com mulheres histéricas, homens a puxar da arma para matar o amante e por aí fora, ora, amem-se e mais nada!... é preciso que muitos vejam que estão a mais e outros? a menos!...cá por mim; e viva o amor!

Teté disse...

Eles querem ter o direito a casar?! Então que lhes dêem esse direito, chamem-lhe casamento ou outra coisa qualquer, o que é que isso afecta a restante humanidade? Em nada, não é?

Agora o surpreendente vai ser verificar, na prática, quantos casamentos se vão realizar. Hoje em dia muitos jovens já não querem casar e só os gays é que querem? No mínimo, é estranho... :)))

Beijinhos, Kim!

E. disse...

Eu nao o diria melhor. Não tenho nada contra a homossexualidade, mas daí a haver casamento? E pior do que isso é quererem adoptar crianças. Como é que uma criança reage a ter dois pais ou duas maes? Certamente ficará confusa e passará por fases menos boas.

Tenham lá dó deste mundo e não destruam ainda mais as leis da humanidade.

Zé do Cão disse...

Pelo jeito e modo que esta coisa leva, estou e ver que deveria ter nascido agora.
Daqui a 20, 30 ou mesmo 40 anos, sei lá, tinha direito a casar com um harém. E pensar eu que levei um "fragatadas" nas ventas em Granada (ver o meu conto «Margaridas Portuguesas nos Jardins do Alhambra»,
só por namorar duas ao mesmo tempo.
Ai, Teté, então nos ouviste o Presidente de todos nós, dizer que há falta de natalidade em Portugal.
Como se prevê, a falta de sustentabilidade na S. Social, há que promover estes casamentos, para que a nossa sociedade se promova.
Um abraço. Kim

Osvaldo disse...

Caro Kim;

Grande e humana, sim, repito humana "Crónica da Verdade" do João Pereira Coutinho.

Estou completamente de acordo, com tudo o que ele escreveu (assini por baixo) e direi mais... No futuro, um casal (verdadeiro, homem e mulher), não se casarão nos termos actuais porque casamento será considerado "coisas de Gay's"...

Que fique bem claro que não tenho nem sinto nenhuma discriminação pela comunidade Gay. Tenho amigos e mesmo colegas de trabalho que o são e não o negam ou escondem mas mesmo entre eles não há unanimidade sobre o tema havendo mesmo uma certa (maioria) porcentagem que são contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo por desvirtuar a realidade para a qual o casamento foi concebido.

Mas sou totalmente de acordo a que nos casos em que as pessoas do mesmo sexo vivam juntas, tenham um contrato de garantia de sucussão. Até porque, as estatisticas mostram, que é nestes casais em que há menos estabilidade e que se separam com mais frequência devido à constante infidelidade entre eles.

Caros amigos, esta é a minha opinião, respeito a opinião dos que não pensam assim, mas como diz o ditado popular, gostem ou não gostem,... amigos à mesma.

Um abraço, Kim.

Laura disse...

Falando das crianças com dois pais, deixo claro que nunca conheci situações assim, embora elas existam! Que direi de um pai e uma mãe que maltratam o seu verdadeiro filho? e de dois homens que, unidos pelo mesmo sentimento, são capazes de dar um lar feliz a essas crianças, porque não? ou só existe o amor de mãe? Falo pelos rapazes e raparigas que; pelas desigualdades da vida, foram afastados dos pais e vivem em Instituições que do nome só têm fachada! porque não terem uma familia com dois pais, qual o mal? e a vida deles será construida no seu amanhã da forma que eles quiserem!Sei que há muitas crianças que sofrem e não se sentem entre familia nessas Instituições, a maioria, mais que não são capas para ganhar muito sem nada fazer, sabemos isso!
Como pensam que ficou o meu coração, quando há anos, uns 20, talvez, fui a uma festa de Natal, levar brinquedos para meninos de uma dessas Instituições, a convite do meu querido amigo, já falecido, o Moura, e a esposa a Rosa Maria que conheci em Serpa Pinto, levei comidinha, e vi centenas de meninos a rir felizes, e que pensam que senti quando um petiz que já me olhava fixamente há muito, eu tinha reparado nele, entre os seus 4 a 5 anitos, tão lindo, de olhos verdes, me puxa o casaco e diz sem mais preâmbulos; leva-me para a tua casa!eu li nos seus lábios e vi o brilho do seu olhar... e como meus olhos se marejaram e ainda consegui dizer; ó meu amor, não posso, não pode ser assim! Arrependida fiquei, embora tivesse 3 para criar,de 8, 10 e 14 anos, e dos sacrificios que passei para os formar a todos, um desistiu, problema dele, mas, juro que se pudesse voltar atrás, esse menino estaria hoje comigo! Que será feito de ti meu amor de menino? já deves ter os teus 25 anos, por aí! e oxalá não te lembres de mim, porque não pude dar-te o que pediste!... quem sabe foi por ti que comecei a sonhar com aquela casita entre montes e vales, para vos acolher um dia!...
e de uma crónica de casamentos gays ou não, ou de três ou mais, aqui fica a opinião da nina laura!Não se ralem com os casamentos nem com dois ou três pais, ralem-se em ajudar a crescer os nossos meninos famintos de amor!...

Laura disse...

Eia, Kim, já tens o jornal diário, de borla!
Beijinho e barço sem fim, a ti de quem gosto tanto, a ti por quem nutro uma sincera e pura amizade e o mais puro amor! Laura

Bichodeconta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bichodeconta disse...

Magnifica crónica que me faria rir, não fosse a histeria do momento, como se daí, dessa aceitação viesse a salvação do nosso País, quiçá do Mundo!Desde que me lembro de ser gente, sempre ouvi falar de pessoas do mesmo sexo que andam juntas sem que para isso fosse preciso casarem.Ora pois, continuassem então assim, fazendo as suas orgias onde segundo consta os nossos politicos e classes altas estão sempre na linha da frente. Por mim chocar-me-iam menos outras situações.Lamento que o nosso País tenha em agenda como prioridade este caso.Discriminação ? é melhor nem falar.Os discriminados porque não tiveram acesso ao ensino, á alimentaçãp,a saúde, a uma casa para viver. Os idosos que são arrumados a um canto, isso não é discriminação?As crianças que crescem famintas de pão e amor, não é discriminatório?Concordo com o Osvaldo, daqui a pouco todos os casais homem mulher se negarão a casar, ou estão a sentir-se colocadps no mesmo cesto entre gays e lésbicas.É moda?Seja.Não tenho nada contra nem a favor,respeito a aberração.Cada um segue por onde quer.Há anos , li A selva de Ferreira de Castro, é um livro magnífico que descreve a vida no seringal onde os Caboclos faziam a recolha do latex.Éra um trabalho feito por homens, muitos nunca conseguiam voltar ás suas terrar.Só o patrão tinha direito a ter lá a esposa, o que fazia com que no dia em que se reuniam os seringueiros, ela fosse motivo de cobiça por todos os outros, e fazendo depois um trio amoroso entre o senhor, o guarda livros e a dita senhora.Ainda segundo Ferreira de Castro, os homens satisfaziam-se uns aos outros, e havia até os que teriam sido apanhados sobre fardos e caixotes de forma a chegarem ás éguas onde satisfaziam os seus impulsos sexuais..Peço desculpa se feri as susceptibilidades de alguém, este é um assunto que todas as pessoas dizem estar de acordo com medo de serem apelidados de antiquados ou coisa que o valha.Um beijinho, Kim e parabéns pela recolha deste trabalho que tardiamente virá abrir os olhos de alguém.Espero rever-te em breve, Ell

carla mar disse...

Nada tenho a dizer sobre festivais de folclore. Mas cada um é como cada qual. Parabéns aos noivos.

... e um beijinho, para ti*

c

sendyourlove disse...

Os Homens tem medo do que não conhecem e não compreendem...

"Certamente não há no Reino Animal situações de acasalamento entre indivíduos do mesmo sexo."
não sei quem é este senhor que escreve no publico, mas anda muito mal informado acerca do mundo animal...e de toda a humanidade e da sua história...

Os divorcios tb são agressões... e com o tempo todos tivemos de os aceitar... e hoje em dia são o acto mais comum (não sei se não serão já em maior numero que os casamentos)...

Que esta discussão se tornou uma histeria?!?!... sim, sem duvida... talvez porque Portugal é um pais de "quadrados".

bjs....

Osvaldo disse...

Send;

Não costumo utilizar os blogs dos amigos para responder mas,... vá lá, se nos outros países "eles" são redondos, tenho imenso orgulho em ser português e quadrado... até à raiz quadrada!

Saudações.

francisco disse...

“QUADRADOS E REDONDOS”

HOMOSSEXUALIDADE

Pena de Morte
Afeganistão, Arábia Saudita, Iémen, Irão e Sudão

Prisão ou Pena de Morte
Mauritânia e Paquistão
Prisão superior a 10 anos
Bahrein, Bangladesh, Barbados, Brunei, Butão, Cabo Verde, Emirados Árabes Unidos, Fiji, Gâmbia, Granada, Guiana, Índia, Jamaica, Kiribati, Malásia, Maldivas, Ilhas Marshall, Maurícia, Nepal, Nigéria, Niue, Papua-Nova Guiné, Quénia, Ilhas Salomão, Santa Lúcia, Seychelles, Singapura, Sri Lanka, Tanzânia, Toquelau, Tonga, Trinida e Tobago, Tuvalu, Uganda, Zâmbia e Zanzibar
Prisão inferior a 10 anos
Angola, Argélia, Benin, Botswana, Birmânia, Camarões, Ilhas Cook, Djibouti, Etiópia, Gana, Guiné, Kuwait, Libéria, Líbia, Líbano, Malawi, Marrocos, Moçambique, Namíbia, Nauru, Nicarágua, Omã, Qatar, Samoa, Senegal, Serra Leoa, Síria, Somália, Suazilândia, Togo, Tunísia, Uzbequistão e Zimbabué
Repressão por entidades oficiais
Burundi, Cuba e Egipto
Nota: na Arábia Saudita, Bahrein, Brunei, Irão, Fiji, Malásia, Paquistão e Sudão são previstas, também, punições com agressões físicas.
Locais onde uma pessoa abertamente homossexual não pode ingressar no serviço militar:
Estados Unidos da América e Grécia
Nota: Nos Estados Unidos da América há uma política de Don't Ask, Don't Tell onde uma pessoa homossexual pode ingressar no serviço militar desde que não manifeste publicamente a sua homossexualidade, e os serviços do exército não podem questionar a pessoa sobre a sua orientação sexual.
Locais onde pela lei geral é possível que pessoas do mesmo género se casem:
2006, África do Sul
2005, Espanha
2005, Canadá
2004, Bélgica
2001, Holanda
Locais onde pela lei geral a união estável entre duas pessoas do mesmo género é reconhecida legalmente com
obrigatoriedade de registo mas com uma lei diferente do casamento civil:
2006, Cidade do México
2006, Irlanda
2006, Eslovénia
2005, Reino Unido
2005, Suíça
2004, Luxemburgo
2003, Áustria
2002, África do Sul (O Tribunal Constitucional obrigou o governo a legislar sobre o Casamento Civil em 2006)
2002, Finlândia
2001, Alemanha
1999, França
1998, Bélgica (entretanto aprovou Casamento Civil)
1998, Holanda (entretanto aprovou Casamento Civil)
1997, Reino Unido (para efeitos de emigração)
1996, Gronelândia
1996, Islândia
1995, Suécia
1993, Noruega
1989, Dinamarca
A Colômbia está em processo legislativo, tendo sido aprovada no Senado o Projecto de Lei 130 em Outubro 2006.
Locais onde pela lei geral a união estável entre duas pessoas do mesmo género é reconhecida legalmente mas sem necessidade de registo prévio:
2005, Nova Zelândia
2005, Andorra
2003, Croácia
2001, Portugal
1998, Suécia
1996, Hungria
1994, Israel
Locais onde é possível pela lei geral que pessoas do mesmo género co-adoptem uma criança:
2006, Islândia
2006, Bélgica
2005, Espanha
2005, Canadá
2003, Holanda
Locais onde duas pessoas do mesmo sexo co-adoptaram uma criança recorrendo à via judicial:
2005, Brasil
2005, Israel
2006, França
Leis Anti-Discriminação
2006, Brasil - Camara dos deputados aprova e encaminha para o Senado a lei 5003/01, que criminaliza a homofobia
2004, Portugal - Constituição
2003, Portugal - Código do Trabalho
2000, República da Irlanda - Lei anti discriminação
1998, República da Irlanda - Código do Trabalho
1996, África do Sul - Constituição
1981, Noruega
Informações recolhidas na Wikipédia

FR

RS disse...

Por mim, "não aquece nem arrefece". Cada um, ou cada par, ou cada trio, etc. fará o que quiser ou puder, desde que não incomodem ou prejudiquem 3ºs.
As instituições "Família" e "Casamento" têm sofrido alterações ao longo da história.
A Igreja Católica, por exemplo, esteve contra o casamento oficializado em Registo Civil e agora está contra o divórcio.
Já agora o texto de João Pereira Coutinho contém algumas imprecisões; podem não existir casamentos entre indivíduos do mesmo sexo em nenhuma civilização, mas é só isso mesmo, casamento oficial, porque existem situações como por exemplo em determinadas comunidades Tailandesas em que só os homens só conseguem casar oficialmente com mulheres se tiverem muito dinheiro e que resulta numa enorme homossexualidade masculina, bem como um só homem pode ter várias mulheres; existem igualmente várias tribos africanas com regras matrimoniais de bigamia, tanto masculina como feminina.
Quanto ao Reino Animal, existe, pelo menos, uma comunidade de macacos no Congo: os Bonomos (que são os primatas mais próximos dos humanos) cuja estrutura pacífica de sociedade se baseia na prática desmesurada de sexo. Os conflitos resolvem-se, não pela violência física, mas através da prática de sexo, quer entre macacos e macacas, quer com macacos com macacos e macacas com macacas, aliás esta é uma sociedade matriarcal. Não têm a figura do casamento, mas têm situações de acasalamento.
Portanto, desde que a minha liberdade e os meus direitos não sejam beliscados, casem-se, acasalem, curtam, brinquem, etc. que "não me aquece nem arrefece".
Sejam Felizes.

jrom disse...

Bem!Bem!Pelo andar que as coisas levam,espero bem que não venha a ser obrigatório.
Dasssssssssss!........

Parisiense disse...

Amém.
Que vivam juntos e que façam como bem entenderem, mas chamar-lhe casamento NÃO.
E poupem-me as lamechismos dos coitadinhos.....etc.....

Tanta preocupação neste país e andamos aqui a ocupar-nos do sexo dos anjos.

Beijokitas

fogo disse...

,......XIIIIII, TINHAMOS AQUI PANO PARA MANGAS!!!

Anónimo disse...

Seve disse...

Oh JRom disseste tudo!

E porque é que eu não posso casar com o meu burro (de que gosto tanto, e é cá um burro....)....discriminação!

Anónimo disse...

Seve disse...

É como aquela Ruth Marlene (e outras)que se despiu para o Correio da Manhã....e não é que os comentários dos amigos/familiares: dou-lhe os meus parabéns pela coragem; mas pôrra isto tá tudo ao contrário, é o mundo em mudança? OK, o vento não se pode parar com as mãos, mas, tal como disse (e muito bem) o JRom não me obriguem a comer e calar....e a concordar...até parece que tenho de ser obrigado a concordar,senão estou fora de tempo....

Anónimo disse...

pano para mangas? ó fogoooooooooo pra lençóis, acrescidos de ligaduras.Vade retro satanás.

Secreta disse...

Qual o problema de haver casamento ou não ? As relações não se dão de igual modo?
O preconceito é das coisas mais horrorosas da mente humana.

Anónimo disse...

Casamento Gay, porquê agora?
O actual cenário de incertezas no mundo traz para a mesa das Assembleias temas tão mais importantes e preocupantes, e que necessitam de resolução urgente, como a crise económica e o agravamento da situação social da comunidade, que se faz sentir cada vez mais. Deveriam estes Senhores politicos dar o acompanhamento a estas carências, rápidamente e eficazmente de modo a que pudessem oferecer aos seus eleitores e á população em geral, as ferramentas necessárias para entender o mundo e a sua consertação, não inventar mais um assunto de discordia no seio da comunidade.
Assim como daqui por alguns anos irá ser dificil perceber a árvore geneológica.
No que respeita ao Reino Animal, o Sr.Cronista cometeu um deslize porque o comportamento gay é encontrado em quase todo o reino animal, é um fenómeno muito comum em várias espécies, desde minhocas, sapos, aves e ainda, bonomos conforme já indicação do RS, golfinhos, pinguins e moscas da fruta etc.
Por este andar qualquer dia temos de volta "Sodoma e Gomorra".
Sabemos que uniões homossexuais sempre existiram em diversas culturas, desde o principio da humanidade e vão continuar a existir cada vez em maior número. Agora uniões destas abençoadas... não tenho palavras.
LF

fogo disse...

ó anonimo também não é caso para tanto:"vade retro satanás"?mas porquê?
estamos a falar de pessoas com orientação sexual diferente, não de pessoas que recorrem á Bruxa PARA FAZER MAL AOS OUTROS!!!

fique bem

RAIO DE LUZ disse...

se as directrizes deixadas por jesus fizerem sentido para todos, há que dizer que a união entre pessoas do mesmo sexo não é correcta, isto para não me referir de outra forma....
achar que educar as crianças com 2 ou 3 pais ainda me parece mais ridiculo , afinal não foi isso que jesus ensinou.quanto mais banalizar a instituição sagrada que é o casamento.
é por estas e por outras que esta malta de agora acha que por os palitos é a coisa mais natural do mundo, e quem não o faz é que é anormal.....

que Deus olhe por nós que bem precisamos

fogo disse...

Ó seve ,:porque não posso casar com o meu burro....heheheheheheh

TÁ MUITO BOM!
AHAHAHAHAHAHAHAHHA!!!!!

Raio de luz disse...

Se não há regras!? Então estamos a caminhar para o que alguém aqui sugere.Harés para mulheres e homens.

Só quem não viveu uma união em pleno e não Amou verdadeiramente,é que se pronuncia de forma tão "leviana"

silvi disse...

Éum assunto um pouco dificil, mas cada um pensa pela sua cabeça, e no meio disto tudo, alguem pensou nas pobres das crianças,? que grande confusão que vai ser, naquelas cabeças, bjs silvi.

jrom disse...

O men diz que se têm que cumprir as promessas eleitorais.
Nem sempre o entendo , mas acho que desta vez estou mais esperto.

Laura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laura disse...

Bom diaaaaaaa minha gentinha!
Paz, Luz, amor a rodos, sempre o amor, o bendito amor que galga montanhas, corta obstáculos e chega ao lugar mais alto, onde é soberano e Senhor! E viva o amor!
Amem-se, casem, descasem, voltem a cair na mesma asneira, façam o mesmo erro as vezes que vos apetecer, porque; cada um é senhor de si, da sua mente, do seu querer!...
Haja LUZ!

Gays, lésbicas, casem-se,uns com os outros, umas com as outras, é sabido que o bicho homem é lixado!...(prás lésbicas!, sem ofensa) amem-se, sejam felizes, não vos invejo! Eu também sou feliz, tanto que até dói!... laura!

laura disse...

Kim, apaguei o coment acima por ter erro !
beijinho e abraço apertadinho. Bom Sábado. Logo vou ver o Avatar com a Neide, adoro filmes desses! Amor! sempre amor.
laura

laura disse...

Querida Silvi, por um lado tens razão, mas, sempre houve e haverá crianças sem um dos pais ou sem os dois. Infelizmente é o que se vê, viver em comunhão com quem não se ama, por quem nada se sente, e muitas vezes maltratados, fisica e verbalmente, o que não é o meu caso, diga-se.....apenas pelas crianças, há quem o faça, mas, será isso o correcto?
Se olhares à tua volta, as crianças filhas de pais separados, são mais independentes, digo isso pelos meus! são mais lutadores. O meu pai cresceu sem pai, e que grande homem ele era! São factos e ditos, e na verdade nada há mais belo do que viver em amor, harmonia e criar os filhos junto desse amor. Há filhos de pais os chamados bem casados,( a maioria, fingem que são felizes, mas quando lhes dá para contar que não o são!) que, assistem a muita coisa que nem deviam! enfim, se querem mentir e fingir que vivem felizes, é lá com eles, mas a verdade acima de tudo! para mim!
E tal como dizes, cada um sabe de si!...

Sempre houve e haverá
crianças a viver nas ruas
com fome, frio e, nuas
e essas crianças senhor
porque terão tanta dor!

Se querem tanto respeitar
as sagradas leis de jesus
porque uma criança não vão buscar
e a ajudam a crescer, feliz, ser!

Há tanto por onde escolher
tanto amor para dar
e se a Jesus quereis agradar
basta a uma criança, amar!

Não se metam a querer
o mundo endireitar
pois por tanto pecar
é que agora vem o sofrer!

E daí me penitêncio
por tanto, tanto amar
e agradeço o coração generoso
que Deus me quiz outorgar!

Silvy, querida amiga da verdinha, da qual já sinto saudade, um abraço apertadinho, e, espera-me, vamos conhecer-nos, em breve..laura

Anónimo disse...

Pois que casem, o cu até é deles lol...

raio de luz disse...

.....ser feliz não doi nem magoa , as atitudes de cada um só Deus pode avaliar se são sinceras ou não, avaliar a vida dos outros que levam vidas mais ou menos felizes tambem É MUITO FÁCIL,dificil é olhar para dentro de si mesmo e avaliar o que o ódio a raiva e a INVEJA FAZ deforma a que se vê coisas onde não existem!!!

por isso quando se aponta um dedo aos outros 4 estao voltados para nos mesmos,quererá isto dizer qualquer coisa???

pois é sem poesia sem verso está tudo dito!!

contudo sejam todos muito felizes....sem precisar de doer a ninguem!!!

fiquem bem!!!

Anónimo disse...

Fogo disse;

Mariana, quem fala assim não é gago
É só coxo.

fogo disse...

anónimo disse :

se amanhã não chover vai fazer um lindo dia de sol.......

vale?????

Anónimo disse...

...........................
e agradeço o coração generoso
que Deus me quiz outorgar!

.......tanta modéstia!!!!!

vai lá vai

Anónimo disse...

o´sr anónimo das 21,34h, o sr(a)é muito esperto(a),mas parece que coxa é a sua inteligencia muuuuuuuito reduzida!!!!

Andre Moa disse...

Sim, senhores! Belas gargantas
que eu aqui vim encontrar!
Lucubrações tais e tantas
e todas de embasbacar!

Querem-me casar com um Gay?
Voto contra, já, a correr.
Não me obrigam, quanto sei,
então, quero lá saber!

"Ficam teus olhos em brasa
quando um casamento vês?
Deixa lá casar quem casa,
que ninguém te tira a vez!"

Velho fado Coimbrão
dizia o que fica atrás.
Que decida o coração
se quer moça ou rapaz.

Eu nessa não voto, não.
Isso não me diz respeito...!
Abaixo a má tradição!
P´ra quem casa, bom proveito.

P'ra quem não casa também
Felicidade e amor,
Viver,amar sabe bem
a mim, a ti, a quem for.

Quem casou está casado,
quem não casou é solteiro.
Viva o sexo e o "pecado"!
Viva o amor por inteiro!

Eu só caso com mulher!
Se amo muitas por igual,
então que venha o Harém.
na Arábia ou em Portugal!

Depois de vos ler a todos,
apeteceu-me meter também o bedelho
onde e para onde não fui duplamene chamado: no blogue do Kim (desculpa, amigo Kim) e nessa história do casamento Gay (que me desculpem os homossexuais).

Abreijos para todos.
André Moa

P.S. - Para não se pensar que sou dos que batem e fogem ou que me vim aproveitar do blogue de um amigo para brincar com coisas sérias, vou copiar esta minha paródia e colocá-la nos cmentáros do meu blogue.Já