9 de maio de 2011

Saramago - a tela da cumplicidade!

Em tempos ... não gostava de Saramago-homem (e não gosto muito, ainda).


Depois, os amigos presentearam-me com ... coisas várias.


Explicações sobre a sua pessoa, livros e alguns debates sobre o tema, aliviaram os meus temores, sem no entanto os dissipar.


Saltar do homem ao escritor, foi um pulinho e instalei-me na imensidão dum cérebro congeminador de sonhos e pecados, ciente que entre o divino e o pagão a diferença não existe.


A marcar tal ironia, um amigo de longa data ofertou-me esta tela que marcará o princípio do arrependimento. Não é díficil adivinhar quem foi o ofertante!


Um beijinho à mãe dele, D.Irene (passam agora cinco anos de saudade)


José Saramago

11 comentários:

BRANCAMAR disse...

Ai, Quim,

Preciso de uns amigos assim, porque Saramago também nunca me disse muito, enfim...será defeito meu.

Beijinhos
Branca

Anónimo disse...

Saramago não!, mas uma tela do Júlio sim, eu gostaria de ter, principalmente se for de um CRISTO.

Beijo em ambos.

SPUK

ematejoca disse...

O Nobel Saramago SEMPRE!!!

O homem José Saramago NEM SEMPRE!!!

Laura disse...

Bastou-me abrir o Evangelho de Jesus Cristo para ficar a saber que não ia gostar de tão ilustre personagem...

É assim, não podemos gostar de tudo e todos!

Um beijinho da dolce.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Então, cá estou à espera de ser presenteada de livros e quadros para "conhecer" o Saramago... ;) LOL

Beijinhos
Verdinha

Teté disse...

Independentemente de se gostar ou não do homem ou do escritor, imagino que pouca gente não goste dessa tela... :)

Beijocas, Kim!

Janita disse...

Olha Kim, já somos dois!
Também, nunca nutri grande simpatia pelo ilustre Nobel. Tive o azar do primeiro contacto literário com ele ter sido um dos dos seus primeiros romances. Maçudo como a potassa. Desisti e nunca mais li nada dele.
Ultimamente, tenho-me aproximado um pouco mais e, embora ainda não morra de amores, já o estou vendo com outros olhos.
Se alguém estiver interessado numa maior aproximação, entre mim e Saramago, é favor ofertar-me uma tela do género da tua.
Assim a título de cumplicidade...

Kim, adorei aquela da passarada ensandecida. O que eu me ri...

Beijinhos.

Janita

Maria disse...

Kim
Não gosto de Saramago como escritor, nem me é simpático como homem. Gosto da tela. Retrata-o muito bem, por dentro e por fora.
Duro, feio, esfingíco.
Beijinho
Maria

SEVE disse...

Por exemplo, leiam os livros "menos difíceis", como por exemplo "LEVANTADO DO CHÃO", "O HOMEM DUPLICADO"-quase que é um atentado falar-se em livros difíceis, mas.....-? já para não falar no ABSOLUTO/GENIAL/ASSOMBROSO/MÁGICO romance da língua portuguesa "MEMORIAL DO CONVENTO".

Daqui a mil/dois mil anos ainda se falará de Camões e..... de Saramago.

É um escritor para a eternidade, goste-se ou não do homem (quem sabe agora se alguém gostava de Camões, se alguém gostava de Cervantes, etc. etc...)

Anónimo disse...

Só as grandes pessoas não se fecham ao desconhecido. Abraço Kim.
... e pasteis de nata :)
jc/.

kevin disse...

Mata Mblere

Moncler Jackets For Men

Jackets For Men

Moncler Outlet Platine