24 de fevereiro de 2011

Terapia do elogio - Uma verdade!

Terapeutas que trabalham com famílias, divulgaram numa recente pesquisa que os membros das famílias estão cada vez mais frios, mais distantes, o carinho é cada vez menos, não se valorizam as qualidades, facilmente se ouvem críticas.

As pessoas estão cada vez mais intolerantes e desgastam-se na valorização dos defeitos dos outros.
Por isso, as relações de hoje não duram.

A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias. Não vemos mais os homens a elogiar as suas mulheres ou vice-versa, não vemos os chefes a elogiar o trabalho de seus subordinados, não vemos mais pais e filhos a elogiar-se; etc.
Só vemos futilidades: valorizam-se artistas, cantores, jogadores, pessoas que usam a imagem para ganhar dinheiro e que, por consequência, são pessoas que tem a obrigação de cuidar do corpo, do rosto, das aparências.
A ausência de elogio afecta muito as pessoas e as famílias.
Há falta de diálogo nos lares. O orgulho e a agitação da vida impede que as pessoas digam o que sentem.
Depois despejam-se essas carências nos consultórios.
Acabam-se casamentos, alguns procurando noutra pessoa o que não conseguem dentro de casa. Vamos começar a valorizar as nossas famílias, os nossos amigos, alunos ou subordinados.
Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza do parceiro ou parceira, o comportamento de nossos filhos.
O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho fica feliz por ser louvado, o pai e a boa mãe sentem-se bem ao serem amados e amparados.
O amigo quer sentir-se querido.
Vivemos numa sociedade em que cada um precisa do outro; é impossível uma pessoa viver sozinha e sentir-se feliz. Os elogios são forte motivação na vida de cada um.
Quantas pessoas posso fazer hoje feliz elogiando-as de alguma forma?

Começa agora!


Arthur Nogueira (psicólogo)

18 comentários:

laura disse...

Ena, se eu elogio tanto o meu ão ão, até lhe digo que o amo, se amo...como não o farei com o pessoal de casa...nem todos é certo, mas os meus ninos, ó que lindos que eles são, mas são mesmo, que inteligentes, e lutadores, ora pois...
E elogio os amigos e as amigas,tu assistes a esses elogios! assim...a gente sente-se bem pois elogiar dá outro ar à vida.

beijinhos.

laura

ematejoca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Scarves ScarvesMany and profuse thanks for all you have done for us, Dear Internet Friends.Adorable! They make me smile! :D
You are indeed most super fantastic and will be missed!

Laura disse...

Esqueci de elogiar-te, elogiar-te pelo grande e querido Amigo que és, e isso sim, é verdade.

É preciso que o elogia saia de dentro, senão não será verdadeiro...

Um beijinho e ainda bem que o sol já voltou.

Estive quase para ir aí mas como só soube à última da hora o programa onde a verdinha vai, e partiram de Braga muito cedo...que pena.

Abraço apertadinho da laura

Teté disse...

Gostei da terapia! E é verdade que as pessoas cada vez fazem menos elogios, quer em casa, no trabalho ou a quem o mereça. Só em funerais (e nem sempre merecidos), o que é tarde demais...

Hoje vou elogiar alguém que mereça! :)))

Beijocas, Kim!

Janita disse...

Ó Kim...que bem conheces a alma humana! O elogio é fundamental, sim!
Na 3ª feira tinha acabado de postar um comentário no FMF e estava tristinha, que só vendo...
Eis que chego ao meu blog e lá estás tu..."Olá miúda".
Juro-te, entrou-me uma alma nova.
Até pensei que, entre nós, houve transmissão de pensamentos. Vai daí, logo a minha imaginação começou a divagar...querem lá ver que o Kim é a minha alma gémea???
Pois és! Assim como deves ser a alma gémea de todas as pessoas que têm a felicidade de te conhecer.

Meu querido, a sardinhada não é pra ser feita aqui...não há espaço!

Olha Kim, lá no blog da Laurinha tens o meu e-mail, se quiseres vai buscá-lo, mandas-me uma coisita qualquer e, assim, fico com o teu, tá bem?

Então, chegaste ao blog da Patricia? Não te preocupes que ela percebe tudo e é gente boa.

Este fim-de-semana vou ter cá a minha gente da margem sul. A partir de amanhã vou ter pouco tempo disponível mas, nem que seja de madrugada, hei-de vir aqui ver como estás.
Beijinho
Janita

Je Vois la Vie en Vert disse...

Este bom amigo Kim merece ser elogiado !
Quando não é com palavras que nos acarinha, é com abraços, com assobios de passarinhos, com filmagens lindíssimas e trabalhadas.
Ele é bom amigo dos amigos, mima as mulheres, ama a família, é um excelente profissional com o qual se pode contar - e recomenda-se - e é um benfiquista que até manda beijinhos verdinhos a uma sportinguista !
Sabes que sou sincera nos meus elogios.

Um grande abraço amigo, Kim

Verdinha

Green Knight disse...

Um tema deveras pertinente.
Ainda ontem li no jornal que a família está fora de moda.
A nova sociedade experimenta novas metas.
O tradicionalismo é um sistema retrógado.
O futuro a Deus pertence
Os seres humanos isolados tornam-se presas mais faceis para qualquer sistema.
Um abraço do jrom

ematejoca disse...

Ontem à noite li o teu texto, Kim.
Comentei, retirando o meu comentário logo a seguir, porque tenho a impresssão que estou na fase do contra.

Ontem ainda estava contra os elogios, afinal hoje quando a Teté me elogiou, soube-me muito bem.

No entanto, há elogios que são pura e simplesmente enervantes.
Ainda hei-de escrever sobre esses elogios, que mesmo sendo sinceros, considero de mau gosto.

Abraço de Düsseldorf!

Anónimo disse...

Com tanto elogio, não preciso de acrescentar nada.
Os mimos, os elogios e a ternura dos afectos.
A gente sabe né!

Beijinho

Isabel

Laura disse...

Pois, diria que nos meus elogios sou sincera, quando gosto, gosto, quando nem gosto, claro que não elogio, mas como amo a todos os meus Amigos e Amigas, o elogio sai da alma, logo não é falso como muitos que tenho visto ao longo da vida, é só para aumentar o ego... Não nos fazem falta nenhuma, pois parece que meio mundo tem o ego alto demais...

mas como és um Bom e querido Amigo, hoje que acordei bem disposta e sem o raio do cócix a resmungar, deixo-te um elogio merecido. És um grande rapaz, és o coração que a maioria das pessoas gosta de encontrar e sabe bem estar perto de ti...ainda estou a lembrar quando na tua casa com o Osvaldo e Aninhas, e à conta daquele degrau, pensavas que não o tinha visto, ficaste aflito porque de costas não te poderia ouvir e afligiste-te, mas mesmo assim gritaste; laura olha o degrau... logo, outro que fosse; fazia de conta e lá ia a nina degrau abaixo.

Beijinho e um dia Bom, o sol brilha e apetece rua o que vou fazer daqui a pouco.

Hoje é um daqueles dias que se fosse mais pertinho te diria, Kim; vamos almoçar os dois? mas que pena essa lonjura.

beijinho a todos.

laura

Maria disse...

Kim
É mesmo uma massagem para o Ego, receber um elogio, sobretudo quando o sentimos sincero.
Quem não gosta de ser apreciado?
A ti digo: És um gajo porreiro, um bom amigo, um bom confidente, sempre pronto a ajudar. Obrigada por seres quem és.
Beijo
Maria

Céu Arder disse...

Kim
À procura de alguma dica natural, para prevenção de diabetes, caí no teu blog, e li a receita do quiabo.
Imprimi e fui a correr dá-lo à minha vizinha que vive às voltas com uma dúzia de chás e nada resolvem.
Depois, pus-me aler outros posts e gostei muito de teu discurso tão agradável, lindo, magnífico, deslumbrante, coeso, encantador...
(já que estou exatamente no post dos elogios, não podia perder a oportunidade)

Enfim... Gostei e pronto!

Osvaldo disse...

Kim;

Concordo com a base do tema, mas na verdade prefiro o "reconhecimento" de uma obra, de um trabalho, de uma atitude, etc, que um elogio. É que o elogio por vezes, não passa da formula química da hipocrisia. Quantas vezes se diz "hoje estás linda" quando na verdade a beleza é permanente... Quantas vezes se diz "parece-me que emagreceste", quando na verdade é apenas uma maneira hipócrita de elogiar, visto que na realidade a outra pessoa tens un quilos a mais que na última vez que se viram!... E tantos exemplos se podem dar.

Um abraço, amigo Kim.
Osvaldo

Maria Soledade disse...

Amigo Kim; Que belo tema escolheste!Tão pertinente nos dias que hojem correm,fogem,sei que uma pessoa não tenha espaço para apreciar a/as pessoas que temos ao nosso lado. No meu tempo de menina(já havia televisão em casa),mas à hora das refeições era proíbido abrir-se porque durante as refeições era "obrigatório" dialogar.Hoje,nem aos mais pequeninos se dá atenção quando estamos a ouvir o que quer que seja nesse rectângulo muitas vezes nefasto,apenas porque, queremos ouvir...

Dos patrões, elogios?Pelamordedeus Kim, isso caíu en desuso.Os trabalhadores são apenas...números!!!Não rende o que pretendem,fora com ele, morrem...é menos um!!Esta é hoje a verdadeira realidade da maior parte dos (de)humanos.Eu, felizmente aínda não perdi a capacidade de elogiar, quem merece claro, por pura hipócrisia,nunca!Quanto à solidão meu amigo Kim,é o caminho lento para a demência...

Quanto a ti,o único elogio que posso deixar aqui expresso é que admiro muito os teus textos,quase sempre oportunos, a tua delicadeza na escrita, a tua sensibilidade em relação ao teu Pai.Pessoalmente não te conheço, mas acho que não me irias desiludir...

Beijinhos e volta e meia passa lá no meu jardim que as urtigas não picam! São regadas com amor...

Maria Luisa Adães disse...

Adorei o seu comentário a Janita.
(onde chego sempre atrasada)

Gosto de jardins e de flores e o que diz, é lindo e romântico. E também gostei da Terapia da verdade.
Escrevo poesia!

Maria Luísa

armalu disse...

Tens razão Kim.
Mas há também a outra face, a de quem amo, elogia porque sente o que diz, por ser verdade... e depois o que resta? Nada.
O amor que sentimos que sonhamos!?Pois é parece ser espizinhado, desprezado.... este é infelizmente o meu mundo.
Espero que não seja o vosso
Inté Kim resto de feliz fim de semana.

Anamaria disse...

Bom, faço minha parte elogiando seu blog! Muito simpático, gostei!Elogiar é mesmo importante, assim com é importante saber receber um elogio. Sabe que muita gente não consegue? parece incrível,mas é verdade, observe. Um bom domingo para você.