17 de maio de 2013

Trufas, Alegrias e Criadilhas

Algures, entre Castelo Branco e Fundão, mais concretamente nas Zebras, deleite-me por momentos na busca deste tubérculo, tão raro, tão saboroso, tão nutritivo, de tão elevado preço.


Em França e em Itália, o seu preço de venda varia entre 250 e 2000 € o quilo.


Percebi que não tenho muita apetência para detectar criadilhas, aqui a serem apanhadas por estes familiares.


Há quem lhe chame paixão e também quem lhe chame vício.

A TRUFA é conhecida por CRIADILHA e também por ALEGRIA


Depois de limpa e descascada como uma batata, é frita com ovos, e ... é este o aspecto final.


Delicioso!

13 comentários:

papoila disse...

Grande novidade não conheço nada disto :( tem bom aspecto nunca tinha ouvido falar e portanto também nunca comi.
xx

redonda disse...

Acho que nunca provei, mas parece bom :)

Catarina disse...

Para mim, trufas... só de chocolate.
Nunca tinha visto uma paixão dessas.

Teté disse...

Não sabia que existiam trufas (ou criadilhas) em Portugal. E só as provei uma vez, numa espécie de polvilhação num prato gourmet - fritas e estaladiças, achei-as divinais! :)))

Para as "catar" assim como os teus familiares/amigos deve ser necessária muita experiência... :D

Beijocas, Kim!

Verdinha disse...

Sei perfeitamente que a trufa é o caviar de França e outros países francófonos mas nunca provei.
Fará parte da ementa em Évora ??????
Beijinhos da
Verdinha

elvira carvalho disse...

Eu sou muito ignorante. Nunca provei e nem nunca tinha ouvido falar.
Um abraço e uma boa semana

Green Knight disse...

As surpresas surgem em qualquer momento.
Nunca se sabe onde está um potencial agricultor. Pelo que eu tenho visto e aprendido nos últimos tempos com o Kim, o talento da agricultura está nos seus genes.
Força pessoal tudo que seja alimento é fortuna!
Abraço jrom

Green Knight disse...

As surpresas surgem em qualquer momento.
Nunca se sabe onde está um potencial agricultor. Pelo que eu tenho visto e aprendido nos últimos tempos com o Kim, o talento da agricultura está nos seus genes.
Força pessoal tudo que seja alimento é fortuna!
Abraço jrom

Janita disse...

Estou abismada, Kim!
Eu que só conhecia as trufas de chocolate e tu vens falar-me de
um tubérculo ou lá o que é isso parecido com os míscaros da Beira Baixa mas com mais consistência?
Parecem batatas? E nascem espontaneamente, assim sob a terra....maravilha, senão houver perigo de encontrar algumas venenosas como os cogumelos.
Muito me contas! As coisas que tu sabes, Kim!!

Beijinhos meu querido amigo.
Bom apetite...

SEVE disse...

Desconhecia absolutamente. Estamos sempre a aprender....

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O aspecto é magnífico, amigo Kim, mas nunca comi essas tais de Criailhas.
Grande abraço

Mona Lisa disse...

Nunca provei nem conhecia!

Senti-me totalmente ignorante!!!

Beijinhos.

PSC disse...

Não vamos confundir as nossas Criadilhas 'Terfezia arenaria' com as Trufas de França ou de Itália - não há nenhuma semelhança para além do facto de aparecerem debaixo de terra. A nossa criadilha aparece em solos arenosos associada a uma flor - xolantha guttata - em que se estabelece uma relação mutualista entre o fungo e o tubérculo (daí o facto de quem as vai apanhar procurar por esta flor, para além dos sinais, por vezes evidentes, da terra gretada e empolada). As criadihas são saborosas, mas não são nenhum exponte da gastronomia.